quinta, 25 de fevereiro de 2021


Delegação do Nacional vai ao Almeidão, mas encontra estádio fechado

Allan Hebert / 13 de setembro de 2017
Foto: Rafael Passos
webCancelado_2DivPB_SaoPauloCrystalxNacionalPatos_RafaelPassos-9
A delegação do Nacional de Patos ainda se deslocou até o Estádio José de Américo de Almeida Filho, local em que a partida estava marcada antes do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba deferir um mandado de garantia impetrado pelo São Paulo Crystal solicitando que o jogo fosse disputado ontem no Estádio Carneirão, em Cruz do Espírito Santo, ou fosse adiado.

O grupo da equipe sertaneja chegou ao Almeidão por volta das 18h45, mas encontrou a praça esportiva fechada, já que não haveria mais jogo. A delegação ficou no local até as 19h30 e depois seguiu de volta para Patos. De acordo com o técnico do Canário do Sertão, o clube não recebeu nenhuma notificação oficial sobre a mudança do local do jogo, por isso, a equipe cumpriu o regulamento e se deslocou até o estádio.

“Chegamos aqui no estádio por volta de uma hora e meia antes do jogo, mas como o estádio está fechado e nós soubemos de forma oficiosa que o jogo não seria hoje, vamos ter que retornar a Patos e darmos continuidade a nossa fase de preparação. Esse causo quebra o nosso ritmo de preparação porque se trata de uma decisão”, declarou Nascimento, que completou:

“O Nacional está pronto para jogar essa decisão contra o São Paulo Crystal seja lá onde for, aqui em João Pessoa ou em Cruz do Espírito Santo, o que nós queremos é que esse confronto, esse acesso seja decidido dentro do campo, sem interferência de fatores extra-campo e, principalmente, que tenhamos segurança para que o jogo seja bem jogado”, completou.

Outra preocupação do treinador é em relação ao contrato de seus atletas. Como a Segundona estava prevista para terminar no dia 24 de setembro, boa parte dos jogadores tem vínculo com o clube até esta data.

O Nacional ganhou o jogo de ida por 2 a 1 e joga pelo empate para conquistar o acesso.

Transtorno para torcedores do Nacional

Na expectativa de ver o seu time de volta à elite do futebol paraibano, caravanas com torcedores do Nacional saíram de Patos para acompanhar a partida contra o São Paulo Crystal em João Pessoa. No entanto, com o adiamento do jogo, muitos torcedores deram viagem perdida, como o caso do fisioterapeuta Wallcelony Benício, que se deslocou da cidade sertaneja com o pai e os irmãos.

“É uma situação complicada. Nós saímos do Sertão, a mais precisamente 318 quilômetros do estádio, porque havia sido divulgado por toda mídia paraibana que o jogo seria aqui hoje. Nós, como torcedores fieis, chegamos aqui e encontramos tudo fechado. É uma vergonha”, falou.

Assim como Wallcelony, muitos outros torcedores passaram por problema semelhante. Pelo menos dois ônibus e outras duas vans com torcedores do Canário do Sertão saíram de Patos, mas ficaram no meio do caminho devido ao adiamento do segundo jogo da semifinal do Paraibano.

Relacionadas