sábado, 05 de dezembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Novela do futebol paraibano: partida entre Santa Cruz e Treze é suspensa

Redação com assessoria / 29 de janeiro de 2016
Foto: Divulgação
A partida entre Santa Cruz (Santa Rita) e Treze (Campina Grande), que estava prevista para as 19h deste sábado (30), no Estádio José Américo de Almeida Filho, o 'Almeidão', em João Pessoa, fazendo parte da primeira rodada do Campeonato Paraibano de Futebol 2016, foi adiada para uma nova data ainda a ser definida pelos clubes e a Federação Paraibana de Futebol (FPF).

A decisão seguiu determinação da Comissão de Prevenção e Combate da Violência nos Estádios da Paraíba, durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (29), na Sala de Sessões do Ministério Público da Paraíba (MPPB), na capital paraibana. A Comissão é coordenada pelo MPPB, tendo à frente o 2º-subprocurador-geral de Justiça, Valberto Cosme de Lira.

O jogo entre Santa Cruz e Treze faria parte da rodada dupla prevista para o 'Almeidão' neste sábado. Já a primeira partida dessa rodada dupla, programada para ter início às 16h entre Auto Esporte (João Pessoa) e Atlético (Cajazeiras), está mantida. O pedido de adiamento do segundo jogo partiu da Polícia Militar, alegando impossibilidade de garantir segurança, já que boa parte do contingente da PM estará à disposição dos blocos do Folia de Rua, que desfilam em vários pontos de João Pessoa nas prévia carnavalescas, iniciadas nesta sexta-feira (29).

A reunião da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios contou com a presença dos dirigentes da FPF, de representantes dos clubes de futebol, da Polícia Militar e da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer do governo da Paraíba.

Na reunião também ficou confirmado, até o momento, a liberação de apenas quatro praças esportivas para as disputas do Campeonato Paraibano 2016: o 'Almeidão', em João Pessoa; o Estádio Governador Ernani Sátyro, o 'Amigão', em Campina Grande; o Estádio José Cavalcanti, em Patos; e o Estádio Perpétuo Corrêa Lima, o 'Perpetão', em Cajazeiras. Todos tiveram aprovados os laudos de engenharia e dos órgãos de segurança apresentados.

Continuam pendentes, sem aprovação dos laudos, o Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande; o Estádio Antônio Mariz, o 'Marizão', em Sousa; e o Estádio Virgílio Veloso Borges, o 'Teixeirão', em Santa Rita. Outros dois equipamentos de João Pessoa – o Estádio Leonardo Vinagre da Silveira, o 'Estádio da Graça', no Bairro de Cruz das Armas; e o Estádio Ivan Tomás, no Bairro do Valentina Figueiredo – ainda não passaram por vistorias.

Relacionadas