quarta, 17 de julho de 2019
Futebol
Compartilhar:

Náutico-PE e Botafogo-PB duelam para seguir na parte de cima da tabela

Gabriel Botto / 16 de junho de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
Pela oitava rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, penúltima do primeiro turno da competição nacional, o Botafogo-PB vai hoje até o Recife, onde enfrenta o Náutico-PE, às 18h, no Estádio dos Aflitos. Para o Belo, um bom resultado fora de casa é de suma importância para a equipe permanecer no G-4 do Grupo A da Terceirona. Em caso de derrota, o time da Maravilha do Contorno será ultrapassado pelo Timbu na tabela da competição.

Com ambas as equipes vindo de vitória na competição, o jogo promete ser muito disputado, ainda mais pelo fato de ambas estarem muito próximas na tabela de classificação, tornando o jogo em uma ‘partida de seis pontos’, visto que o Belo tem 12 pontos e o Timbu 11. Ou seja, em caso de sair vitorioso de campo, o Alvinegro da Estrela Vermelha abre quatro pontos dos pernambucanos.

Retrospecto recente. Desde que voltou ao cenário nacional, em 2013, o Botafogo-PB enfrentou o Náutico em sete oportunidades, conseguindo quatro vitórias, além de ter empatado em uma ocasião. O Náutico venceu em duas oportunidades. Pela Série C, as equipes se enfrentaram ano passado. O Belo venceu no Almeidão em uma goleada por 4 a 0, e o Náutico descontou na Arena Pernambuco, vencendo a partida por 2 a 0.

No palco da partida de hoje, o Belo não tem boas recordações. A última vez em que o Botafogo-PB jogou no Estádio dos Aflitos, o Náutico aplicou a maior goleada do confronto: 8 a 2, pela primeira fase da Copa do Nordeste de 2002. Hoje será o reencontro das equipes na praça esportiva, local onde o Timbu é muito forte, jogando com apoio total de sua torcida.

Equipes se conhecem. As equipes se enfrentaram recentemente pela Semifinal da Copa do Nordeste, em partida única, no Estádio Almeidão, em João Pessoa. Na ocasião, o Botafogo-PB superou a equipe pernambucana por 2 a 1, com gols de Nando e Juninho. O Belo ainda desperdiçou um pênalti, cobrado pelo lateral-esquerdo Fábio Alves. O gol dos alvirrubros foi marcado em um chute do atacante Tarcísio, o goleiro do Belo defendeu, mas a bola foi entrando e o lateral-esquerdo do Belo, ao tentar espanar a bola, colocou para dentro do próprio gol.

A partida de hoje pode marcar também o retorno do meia Marcos Aurélio ao Botafogo-PB, um dos artilheiros da equipe na temporada. O camisa 10 do Belo estava se recuperando de uma lesão na coxa direita, que foi agravada justamente na partida contra o Timbu na Copa do Nordeste, onde, ao bater um escanteio, que quase resultou em um gol olímpico do Belo, o meia sentiu a lesão e deixou o campo de jogo.

Relacionadas