quinta, 22 de abril de 2021

Futebol
Compartilhar:

Nacional pega o Campinense pela 7ª rodada do Paraibano

Lídice Pegado / 24 de fevereiro de 2019
Foto: Arquivo
O Nacional de Patos receberá o Campinense no estádio José Cavalcanti, hoje, para a sétima rodada do Campeonato Paraibano. A bola rolará às 17h e o Rubro-negro viajou preparado para enfrentar um time que considera difícil e que jogará para garantir dentro de casa os três pontos que foram perdidos contra a Raposa, na segunda rodada da competição.

No primeiro jogo contra o Naça, a Raposa encontrou dentro das quatro linhas um grupo rápido e ofensivo. Por esperar esse tipo de jogada lá na casa do adversário, o Campinense se preparou e focou para não esbarrar nessas características do time para vencer o duelo de hoje. O goleiro Wagner Coradin disse que será uma partida bem difícil e que estará de olho nos pontos fortes do time patoense.

“O jogo em casa contra o Nacional nos mostrou uma equipe bem ofensiva e rápida, é um time perigoso. Eles vão aproveitar esse lado e vir para cima de nós, porque precisam do resultado para se classificar. Nós também precisamos e será uma partida complicada por isso”, afirmou Wagner.

Além disso, o arqueiro ainda disse que o Campinense precisará vencer a todo custo se quiser se manter na liderança do grupo B, tendo em vista que a sétima rodada já aconteceu para a Perilima que, por ter vencido contra o Botafogo por 1 a 0, agora está em terceiro lugar e somente a três pontos do Rubro-negro. Por isso, ele acredita que o elenco entrará em campo ainda mais motivado para não perder a posição.

“Como a Perilima ganhou o jogo contra o Botafogo, embolou um pouco nosso grupo, porque o terceiro colocado está somente a três pontos de nós, e isso pode mudar nosso rumo a qualquer partida. Precisamos nos distanciar mais e isso é bom, porque nos pressiona e nos impulsiona para dar o nosso melhor, não se acomodar e não perder nossa liderança”, concluiu Wagner.

E o departamento médico raposeiro segue cheio. Após perder o atacante Warlei, que teve uma lesão constatada e não joga mais pelo Paraibano 2019, o técnico Francisco Diá terá mais uma baixa para o jogo de logo mais. O volante Dedé tem um estiramento de grau no ligamento colateral medial, e vai passar três semanas afastado. Outro que não joga é Chaveirinho, que está em reta final de recuperação.

Relacionadas