sábado, 20 de outubro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Mesmo sem quatro titulares, jogadores do Galo acreditam na virada

Franco Ferreira / 04 de agosto de 2018
Foto: Ramon Smith/Treze FC
Treze 1 (3) x (1) 1 URT-MG 09062018 - Ramon Smith_Treze FC
Jogar sem quatro titulares após uma derrota por 3 a 0 não abalam o clima do elenco do Treze para um duelo muito difícil. Neste sábado (4), às 18h30, no Amigão, o Galo da Borborema precisa superar todas as adversidades diante do Ferroviário-CE, se quiser conquistar o título de campeão da Série D do Campeonato Brasileiro. O sentimento de virada tem dominado as mentes e os corações dos jogadores alvinegros.

O técnico Flávio Araújo não contará com o zagueiro Ítalo, o lateral-esquerdo Silva, além dos atacantes Ceará e Maxuell Samurai. Ítalo e Ceará vão cumprir suspensão por terem recebido o terceiro cartão amarelo, diferente de Silva, que foi expulso. Samurai entregue ao departamento médico e por isso não será relacionado.

Durante os treinos desta semana foram escolhidos Brumati para o lugar de Ítalo e Zé Carlos para a vaga de Silva. No ataque, Leandro Love assume a posição deixada por Samurai, formando dupla com Watson, que substituirá Ceará.

“A estratégia é procurar neutralizar as jogadas ofensivas do adversário. Estou pronto e quem entrar tem que procurar sempre fazer o melhor. Temos que acreditar na condição de virar este placar do primeiro jogo e para isso, todo o time precisa entrar focado”, falou Brumati, incentivado pelo companheiro Carlos Coppetti:

“Venho convidar a torcida para comparecer e incentivar o nosso time. Temos que acreditar na vitória para reverter o resultado do primeiro jogo. Vamos pensar no primeiro gol e depois buscar o resultado satisfatório, que resultará na conquista do título”, disse Coppetti.

Treze e Ferroviário já se enfrentaram 12 vezes, com cinco vitórias do Treze e quatro do time cearense, além de três empates. Na Série D desse ano, o Galo da Borborema disputou 15 jogos, com sete vitórias, cinco empates e três derrotas. Marcou 24 gols e sofreu 13. Ao todo, o time tomou 37 cartões amarelos e quatro vermelhos.

O principal artilheiro do Galo da Borborema é Maxuell Samurai com quatro gols, seguido por Leandro Love, Ceará e Marcelinho, com três gols cada um. Carlos Coppetti e Silva marcaram dois gols cada. Beleu, Brumati, Watson e Leílson balançaram as redes uma vez. O alvinegro ainda marcou dois gols contra.

Por ter perdido por 3 a 0 na partida de ida contra o Ferroviário, o Treze precisa devolver o mesmo placar para levar a decisão do título para os pênaltis. Para ser campeão direto no tempo normal precisará vencer com uma vantagem de quatro gols ou mais. O Ferroviário pode perder até por dois gols de diferença que se consagra campeão brasileiro.

Viradas históricas do Galo

Copa do Brasil 1999

Treze 2 x 3 Santa Cruz-PE (ida)

Santa Cruz-PE 2 x 4 Treze (volta)

Copa do Brasil 2005

Ubra-RS 3 x 0 Treze (ida)

Treze 5 x 0 Ubra-RS (volta)

Campeonato Paraibano 2011

Botafogo-PB 4 x 0 Treze (ida)

Treze 4 x 0 Botafogo-PB (volta)

Relacionadas