segunda, 14 de outubro de 2019
Futebol
Compartilhar:

Meira crava permanência de Piza e confia na reação do Belo

Allan Hebert / 11 de julho de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
Após 15 dias afastado do comando do Botafogo-PB, o presidente Sérgio Meira concedeu coletiva ontem à tarde para falar sobre o momento ruim da equipe na Série C do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, ele garantiu a permanência do técnico Evaristo Piza e ainda apresentou os dois últimos contratados para a reta final da competição nacional.

Sem vencer há três rodadas, com duas derrotas e um empate, o Belo caiu da vice-liderança para a quarta colocação, com 16 pontos. A ‘crise’ se acentuou com a derrota para o Sampaio Corrêa-MA, em pleno Almeidão, na última rodada. Com isso, o time corre o risco de deixar o G-4 no fim de semana, caso não vença o Santa Cruz-PE, domingo, no Arruda. Apesar da sequência ruim, Meira garantiu que a demissão de Piza sequer foi cogitada.

“A demissão de Evaristo Piza não foi cogitada em nenhum momento. Eu estava viajando, mas falei com ele e disse que estávamos juntos e vamos juntos até o final. Ele trouxe o tricampeonato, trouxe o vice-campeonato da Copa do Nordeste, chegando invicto até a decisão, e agora por uma turbulência vai ser demitido? Ele está mantido no cargo. Esperamos que ele esteja conosco no ano que vem”, afirmou.

Desde que assumiu a presidência do Botafogo, em outubro de 2018, Sérgio Meira atravessa seu primeiro momento de turbulência, já que recentemente ajudou o clube a conquistar o tricampeonato estadual e o vice da Copa do Nordeste. O dirigente lamentou o momento ruim, mas afirmou que acredita que o principal objetivo do clube na temporada, que é o acesso à Série B, será alcançado.

"É algo natural, a gente sempre está esperando. Mm administrador de um time de futebol sabe que terá dificuldades, terá dificuldade de relacionamento de grupo, que é algo sempre muito difícil. A gente tem experiência com gestão de pessoas e sabemos que não é fácil. Mas estamos aqui eu, esse grupo presente, além de outros que não estão aqui, mas estão sempre nos ajudando nos bastidores. Nós criamos uma crise, um sinal de alerta foi ligado, mas estamos no G-4 e vamos sair dela. O grupo está unido e dará a volta por cima”, falou.

Meira também falou sobre outras questões como a saída do preparador de goleiros Alex Lima e da agressão verbal proferida pelo goleiro Saulo a um membro da imprensa paraibana. O cartola não quis entrar em polêmica, mas recriminou a atitude do arqueiro titular do Belo.

Chegando

Ontem, também foram apresentados o lateral-direito Itaqui e o meia Elvinho, contratados junto ao Novorizontino-SP. Os atletas falaram da felicidade de fazer parte do time e se colocaram à disposição de Evaristo Piza para o duelo contra o Santa Cruz. Itaqui tem mais chances de jogar, já que os dois laterais-esquerdos do elenco (Fábio Alves e Neuton) estão machucados.

Relacionadas