sexta, 05 de março de 2021

Futebol
Compartilhar:

Juventus e Real Madrid decidem a Liga dos Campeões da Europa

Allan Hebert / 03 de junho de 2017
Foto: Divulgação/UEFA
O dia mais esperado para milhões de torcedores apaixonados por futebol de alta qualidade chegou. Hoje, Juventus e Real Madrid decidem a Liga dos Campeões da Europa, torneio de clubes mais importante do planeta. A bola vai rolar às 15h45 (horário de Brasília), em Cardiff, no País de Gales.

A Juventus chega à final embalada com a possibilidade de conquistar a Tríplice Coroa, já que conquistou os títulos do Campeonato Italiano e da Copa da Itália. Além disso, se triunfar sobre o Real, a Velha Senhora erguerá a “orelhuda” de forma invicta. Até aqui, em 12 jogos, foram com nove vitórias e três empates, um aproveitamento de 83,3%.

A campanha do Real não é tão dominante como do rival na decisão, mas o time que tem o craque Cristiano Ronaldo em grande forma, cresceu na hora certa na temporada. Ganhou o Campeonato Espanhol em disputa acirrada com o Barcelona até a última rodada, e ainda pode conquistar bicampeonato europeu consecutivo, algo que não aconteceu no novo formato do torneio, iniciado na temporada 1992/1993.

Quando se falam em títulos da Liga dos Campeões, a superioridade Madridista é enorme em relação a Velha Senhora. O time espanhol busca a sua 12ª “orelhuda”, enquanto a equipe italiana pode levantar seu terceiro troféu.

Duelo de técnicos jovens e vitoriosos

Massimiliano Allegri e Zinedine Zidade, técnicos de Juventus e Real Madrid, respectivamente, que fazem parte nova geração de treinadores bons e vitoriosos do futebol europeus, ficarão frente a frente pela primeira vez em suas carreiras. Os dois já chegaram a decisões da Liga dos Campeões, mas nunca se enfrentaram. Quem levará a melhor neste duelo?

Como jogador, a carreira de Allegri foi modesta, mas como treinador, o italiano de 49 anos já é um vitorioso. Seu primeiro trabalho de expressão foi no comando do Milan. No rubro-negro, ele conquistou um Campeonato Italiano e uma Supercopa da Itália, até ser demitido em 2014.

Poucos meses depois, foi contratado para substituir Antônio Conte no comando da Velha Senhora e se concretizou de vez entre os grandes técnicos do futebol europeu. Em três anos na equipe de Turim, faturou nada menos que três Campeonatos Italianos, três Copas da Itália e uma Supercopa. Além disso, levou o time à decisão da Liga dos Campões na temporada 2014/2015, mas foi derrotado pelo Barcelona.

O trabalho de Zidane à frente do Madrid é ainda mais impressionante. O treinador assumiu o comando da equipe merengue no meio da temporada passada no lugar do espanhol Rafa Benítez, arrumou o time rapidamente e já ergueu sua primeira “orelhuda” como técnico. Vale lembrar que ele foi campeão do mesmo torneio pelo clube quando era jogador, em 2002.

Esta temporada vem sendo a sua afirmação como treinador. Com um plantel muito bom nas mãos, o treinador conquistou também o Mundial de Clubes da Fifa, a Supercopa da Uefa e o Campeonato Espanhol. Sua equipe também ostenta o feito de marcar gols em 64 partidas consecutivas, algo só superado pelo Santos de Pelé.

Real pode ter volta de Bale e Carvajal

Zidane tem uma grande dúvida para a partida de hoje. Com a volta de lesão de Gareth Bale, o técnico ainda não confirmou se mandará a equipe a campo com o famoso trio BBC, formado pelo galês, Benzema e Cristiano Ronaldo, ou mantém o espanhol Isco entre os titulares.

É inegável que a equipe cresceu de rendimento na temporada desde que Isco entrou no time titular. Até por isso, a dúvida é grande na cabeça de Zidane. O treinador chegou a afirmar durante a temporada que seria impossível barrar um integrante do trio BBC, mas agora as circunstâncias são outras. Outro atleta que pode retornar ao time é Dani Carvajal, também recuperado de contusão. Com isso, o brasileiro Danilo deve ficar como opção no banco de reservas.

O Real Madrid deve começar a partida com: Navas, Carvajal (Danilo), Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Kross e Modric; Isco (Bale), Benzema e Cristiano Ronaldo.

Allegri tem uma dúvida para escalar a Juve

No lado alvinegro, Massimiliano Allegri também tem uma dúvida para encarar o Real Madrid. O técnico não confirmou se vai escalar a equipe com dois ou três zagueiros. Vale lembrar que a Juve é famosa por sua força defensiva e, na Liga dos Campeões deste ano, só foi vazada três vezes em 12 partidas. Caso não sofra gol, o time italiano pode terminar com a melhor defesa da história.

A formação mais utilizada por ele durante a temporada foi com três defensores com Barzagli, Bonucci e Chiellini. No entanto, caso opte por encorpar uma escalação mais ofensiva, o técnico deve sacar Barzagli e colocar o colombiano Cuadrado, que é muito veloz e seria uma ótima opção para puxar os contra-ataques.

Allegri deve escalar a Velha Senhora com: Buffon; Barzagli (ou Cuadrado), Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Pjanic, Khedira, Daniel Alves, Dybala e Mandzukic; Higuaín.

 

Relacionadas