quinta, 26 de novembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Fifa revela hoje quem é o melhor jogador do mundo; Neymar está na disputa

Da Redação / 11 de janeiro de 2016
Foto: Arquivo
Foram oito anos de espera para que o Brasil voltasse a ter um representante entre os três finalistas da Bola de Ouro, prêmio que a Fifa vai entregar ao melhor jogador do mundo em 2015 em cerimônia em Zurique, nesta segunda-feira, a partir das 15h30m (horário de Brasília). Neymar não será o favorito, posto que pertence claramente a Lionel Messi, já dono de quatro troféus. No entanto, sua presença na festa de gala representa um novo degrau subido em sua carreira, mais um patamar atingido. Cristiano Ronaldo, três vezes eleito o melhor do mundo e ganhador dos dois últimos prêmios, completa um trio de artilheiros implacáveis, donos da excelência técnica e de recordes produzidos em série.

Segundo instruções da Fifa enviadas aos capitães e técnicos das seleções de todos os 207 países filiados e aos jornalistas selecionados para a votação, deve ser levado em conta o desempenho dos jogadores entre os dias 22 de novembro de 2014 e 20 de novembro de 2015.

Nesse período, Messi tem a seu favor o desempenho impressionante nos seis primeiros meses da disputa, encerrado com a conquista da Liga dos Campeões, seu terceiro título europeu pelo Barcelona. No segundo semestre, uma lesão no joelho o tirou de campo por dois meses. Já Neymar viveu o ano de afirmação definitiva na condição de protagonista de um Barcelona que se notabilizou pelo tridente ofensivo formado pelo brasileiro, por Messi e por Suárez. Embora não tenha sido abalada a percepção mundial de que Messi permanece um patamar acima na carreira, Neymar passou a figurar em todas as listas de jogadores mais importantes do planeta. Marcou gols em todos os cinco últimos jogos do Barcelona na campanha vitoriosa na Liga dos Campeões. A partir do fim de setembro, no entanto, a lesão de Messi fez Neymar ampliar seu repertório. Passou a ser um dos líderes técnicos em campo e a atuar na construção de jogadas.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas