quarta, 14 de novembro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Esdras Cabral defende sonho de jogar na elite em 2019

Allan Hebert / 28 de outubro de 2018
Foto: Nalva Figeureido
Nunca é tarde para correr atrás de seus sonhos. Esta frase resume bem a história de Esdras Cabral, goleiro titular do Spartax durante as disputas da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano 2018. Após sete anos parado, o atleta voltou aos gramados este ano e ainda se desdobra para conciliar a rotina de treinos e jogos com a carreira de policial militar e estudante de direito.

Assim como milhões de brasileiros, Cabral, que hoje tem 30 anos, sempre quis se tornar um jogador de futebol profissional. No entanto, após algumas portas fechadas, acabou desistindo do objetivo temporariamente e se dedicou a outras atividades.

“Eu comecei bem menino, orientado pelo preparador de goleiros Neto Dinamite. Me formei nas categorias de base do CSP, passei pela Portuguesa de Cruz das Armas, pelo Botafogo-PB e fiz uns testes no futebol paulista. Acabei desistindo em 2011 por falta de oportunidades, mas meu sonho sempre foi ser jogador de futebol”, contou.

“Agradeço muito a oportunidade que recebi do presidente Morais e ao nosso treinador de goleiros Ednaldo Sousa. Sem a ajuda deles não estaria aqui hoje realizando. Sou muito gratos a eles e a Deus”, completou.

Após a pausa no futebol, Cabral prestou concurso para a Polícia Militar da Paraíba em 2014 e acabou tendo êxito. Desde então, é soldado no 5º Batalhão da PM, aqui em João Pessoa. “Para falar a verdade, nunca sonhei em ser policial. Fiz o concurso mais pela estabilidade financeira, mas hoje amo o que faço. Tenho muito orgulho em fazer parte da PM”, revelou.

Complicado mesmo é manter a rotina de trabalho com os treinos. Como trabalha à noite, em escala de 12h por 36h, muitas vezes Cabral sai do expediente na PM direto para os treinamentos com a equipe do Spartax. “Às vezes é bastante cansativo, mas temos que fazer esforços para buscar os nossos sonhos”, explicou.

Ele quer jogar na elite em 2019

A carreira na posição de goleiro é mais longa e geralmente o ápice técnico vem na casa dos 30 anos. É justamente nisso que Cabral foca para alcançar voos mais altos. Confiante no seu potencial, o atleta já traçou um objetivo para a temporada 2019: disputar a elite do Campeonato Paraibano.

“Agora que me profissionalizei eu tenho o sonho de no ano que vem disputar a Primeira Divisão do Campeonato Paraibano. Gostaria de receber a ajuda de algum clube para realizar esse sonho meu e do meu pai. Estou trabalhando forte para isso. Espero receber uma oportunidade”.

Treinador de goleiros do Spartax, o experiente Ednaldo Sousa elogiou o esforço de seu pupilo, mas sabe que não será fácil para Cabral chegar ao seu objetivo, já que o mesmo passou muito tempo longe dos gramados.

“Ele é um cara muito determinado. Ele está despontando dentro do Spartax por fruto do trabalho dele e nosso. Como ele ficou muito tempo parado, tem que busca se aperfeiçoar mais para compensar o tempo perdido. No futebol você tem que trabalhar e se dedicar para chegar a um clube grande”, falou o preparador de goleiros.

Relacionadas