sexta, 22 de janeiro de 2021

Futebol
Compartilhar:

É hora de reagir: Botafogo encara o Vila Nova com retrospecto negativo

Franco Ferreira / 12 de setembro de 2015
Foto: Rafael Passos
Para apagar a fase de não jogar bem, como mandante, o Botafogo promete entrar determinado para encarar o Vila Nova-GO, hoje, ás 19h, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O time, segundo o treinador Ramiro Souza precisa encarar o jogo como mais uma decisão, para alimentar o sonho de entrar no G4 da Série C do Brasileiro.

No retrospecto do Brasileiro o Botafogo tem decepcionado a torcida, na maioria dos jogos, quando tem o mando de campo. Diferente dos eventos fora de casa. Das cinco derrotas acumuladas, duas foram em casa, além de três empates. A proposta do treinador Ramiro Souza é reagir, somando três pontos na partida e ganhar a confiança da torcida.

Para este jogo, o Botafogo ganha uma peça importante, com o retorno do meia Doda que tinha proposta para deixar a Maravilha do Contorno, mas acabou solicitando a reintegração. Mas, Ramiro Souza fica sem os volantes Jean Cleber e Nata, punidos e o atacante Beto que está entregue ao departamento médico e foi vetado.

Com 22 pontos ganhos, o Botafogo briga diretamente com o América de Natal para entrar no G4. Os americanos somam 25 pontos ganhos, mas têm quatro gols de saldo, contra um negativo dos botafoguenses.

Com isso, o Botafogo para entrar no grupo dos quatro melhores times terá que vencer, se possível com bom saldo de gols, e torcer que o América seja derrotado pelo Cuiabá-MT, na Arena Pantanal.

Mas, os botafoguenses planejam decidir a vaga na última rodada da fase de qualificação do Brasileiro, contra o próprio América, em Natal. Para isso, o representante paraibano precisa vencer o Vila Nova, no confronto de hoje, e derrotar o Fortaleza, na rodada seguinte no estádio Almeidão.

O time botafoguense deve começar o jogo de hoje, com: Genivaldo, Gustavo, Alex Bruno, André Lima e Alex Cazumba; Zaqueu, Hércules, Doda e Airton; Reginaldo Junior e João Paulo. O árbitro é o paranaense Fábio Lilipus, com Jean Márcio e Leandro Lincoln, todos do Rio Grande do Norte.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas