quarta, 25 de novembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Diretoria do Auto cobra reação contra o Esporte de Patos para evitar dispensas

Franco Ferreira / 11 de fevereiro de 2016
Foto: Rafael Passos
Hoje pode ser o dia D, para o treinador Índio Ferreira, que em caso de derrota do Auto Esporte pode perder o cargo. A palavra de ordem é reabilitação no Campeonato Paraibano, para aliviar o clima tenso que o clube passa. O time automobilista encara o Esporte de Patos, às 20h30, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

A possibilidade de mudança ficou evidenciada depois de uma reunião da diretoria com o elenco no início da semana. Os dirigentes ficaram desapontados com a apresentação do time nas duas últimas rodadas, quando o Auto Esporte tomou sete gols, perdendo para o CSP por 3 a 0 e para o Treze por 4 a 0.

O treinador Índio Ferreira preferiu não falar com a imprensa, para analisar esta situação e mostrou durante o último treino que continua tendo trabalho para armar o time base. Durante o coletivo ele fez algumas trocas, no meio campo e ataque.

O atacante André Lelis foi testado inicialmente e deu lugar a Isac Buiú. E Baco começou o treino no time de baixo e depois assumiu a posição de Ítalo.

O atacante Ricardinho, entregue ao departamento médico foi vetado para a partida de hoje e vai continuar se recuperando.

Ontem o clube anunciou o atacante Claudinei Pinheiro da Silva, 26 anos, que atuou pelo Manaus (AM), Tuna Luso (PA), Santa Rosa (PA), River Plate (SE), Castanhal (PA), Independente (PA). Mas, o jogador não tem condição de atuar, hoje. O Mesmo acontece com o zagueiro Rafael Speda.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas