sábado, 05 de dezembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Departamento jurídico do Botafogo trabalha contra arbitragem

Allan Hebert e Gabriel Botto / 20 de junho de 2018
Foto: Divulgação
O departamento jurídico do Botafogo-PB entrou, no início dessa terça-feira (19), com uma representação, junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contra a arbitragem do jogo do último sábado (16) entre o alvinegro da estrela vermelha e o Salgueiro-PE, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

No documento, o Belo contesta a anulação de dois gols e também a não marcação de três penalidades que, para os representantes da equipe, foram lances que alteraram o rumo da partida e prejudicaram o Botafogo-PB.

O objetivo do documento foi representar o árbitro Wanderson José Mendonça da Silva Junior, além de seu assistente João Fabio Machado Brischiliari, ambos filiados à Federação Paranaense de Futebol. O Botafogo-PB solicitou à CBF que os representados não voltem a arbitrar em uma partida que envolva o clube paraibano.

“Diante do exposto solicitamos que seja notificada a Comissão de Arbitragem da CBF, para que sejam tomadas as medidas cabíveis contra os representados e que os mesmos não venham mais a arbitrar jogos do Botafogo Futebol Clube da Paraíba”.

Na bronca

Wanderson José Mendonça da Silva Junior, por sua vez, não deixou por menos e registrou em súmula alguns incidentes que podem prejudicar o Botafogo na sequência na Série C do Campeonato Brasileiro. No documento, o árbitro destacou que objetos foram atirados em direção aos integrantes da arbitragem.

“Após o término da partida, quando a equipe de arbitragem se dirigia ao vestiário, foram arremessados em nossa direção chinelos e laranjas, vindos da arquibancada destinada aos torcedores do Botafogo Futebol Clube. Informo também que nenhum componente da arbitragem foi atingido”, citou o profissional na súmula.

Vale lembrar que já nesta edição da Terceirona o Botafogo foi punido com a perda de dois mandos de campo por incidentes registrados durante a partida contra o Confiança-SE, em jogo válido pela 3ª rodada. O segundo jogo de suspensão seria cumprido justamente contra o Salgueiro, no entanto, o clube conseguiu um efeito suspensivo e, por isso, vem atuando normalmente no Almeidão.

Relacionadas