quarta, 20 de janeiro de 2021

Copa do Nordeste
Compartilhar:

Campinense fica apenas no 0 a 0 com o Náutico

Raniery Soares / 23 de fevereiro de 2017
Foto: Léo Lemos/Náutico
Vencer sempre é melhor, mas o empate não foi ruim para o Campinense. Jogando ontem na Arena Pernambuco, o rubro-negro ficou no 0 a 0, em duelo contra o Náutico. Três pontos deixariam facilmente a Raposa com a classificação para a próxima fase encaminhada, mas com chances desperdiçadas, a noite realmente não era para gols.

No primeiro tempo, a superioridade foi do Campinense. O Náutico conseguiu algumas jogadas pontuais, mas a rubro-negro em pelo menos duas investidas ficou mais próximo de abrir o placar. Aos 31, Filipe Ramon fez jogada individual e tocou para Léo Ceará, que driblou um defensor pernambucano e soltou uma bomba, obrigando o goleiro Tiago Cardoso sair para fazer a defesa.

Seis minutos depois foi a vez de Filipe Ramon tentar abrir o placar. Ele recebeu um bom passe de Maranhão e chutou forte, mas novamente Tiago Cardoso entrou em ação.

A segunda etapa não foi diferente. Os melhores lances foram nos minutos iniciais, com o time de Campina Grande mostrando serviço aos 12, quando Augusto chutou cruzado e a bola passou bem perto do gol. Porém, no lance seguinte, Dudu recebeu dentro da pequena área e Gledson precisou se esticar todo para defender.

O empate deixa a Raposa na liderança do Grupo A da Copa do Nordeste, com oito pontos, distante apenas um do Santa Cruz. A posição fica ameaçada, já que o Santa joga amanhã contra o Uniclinic.

Pelo Nordestão, o Campinense só volta a jogar no próximo dia 12 contra o Uniclinic, no Amigão. Só que antes, no mesmo estádio, o compromisso será válido pelo Campeonato Paraibano. O adversário da vez será o Grêmio Serrano, na quarta-feira de cinzas, às 20h30.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 0

Tiago Cardoso; David, Adalberto, Tiago Alves e Manoel; João Ananias, Ewerton Páscoa e Marco Antônio (Juninho); Erick, Alison (Giva) e Jefferson Nem (Dudu). Técnico: Milton Cruz

CAMPINENSE 0

Gledson; Negretti, Joécio, Rafael Jensen e Ronaell; Magno, Fernando Pires, Filipe Ramon (Augusto) e Gilmar; Maranhão (Jussimar) e Léo Ceará (Tiago Orobó).

Técnico: Sérgio China

Cartões amarelos: David, Adalberto e Tiago Alves (N); Ronaell e Jussimar (C).

Público: 2.164

Renda: R$ 19.790,00

Relacionadas