terça, 12 de novembro de 2019
Futebol
Compartilhar:

Com vantagem de jogar pelo empate, Botafogo-PB recebe o Nacional

Gabriel Botto / 14 de abril de 2019
Foto: DIvulgação
Botafogo-PB e Nacional de Patos voltam a enfrentar na tarde de hoje, às 17h, no Estádio Almeidão, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Paraibano. Para avançar às finais, o Belo precisa apenas de um empate, já o Verdão Maravilha necessita de uma vitória por, pelo menos, dois gols de diferença, visto que no primeiro jogo os alvinegros venceram por 2 a 1.

Sabendo da vantagem de jogar pelo empate, o treinador do Botafogo-PB, Evaristo Piza, falou sobre a importância de jogar com o resultado favorável. Ele ressaltou o mérito dos atletas do Belo, que até aqui, já jogaram 24 partidas, com 18 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, e apenas um revés no Almeidão.

“É uma vantagem importante. Trouxemos a possibilidade de jogar em casa por um empate, então o adversário vai ter que conseguir nos superar dentro de nossos domínios. Sabendo de nosso potencial, e de tudo que construímos até aqui, podemos constatar que foi sim uma vantagem muito boa para a decisão aqui no Almeidão”, disse o treinador do Botafogo-PB.

Apesar da vitória fora de casa, Piza destacou a qualidade dos jogadores do Nacional, afirmando que o Botafogo-PB não pode se apegar à vantagem construída, nem ao fator casa, e sim jogar com a mesma forma dos demais jogos feitos até aqui na temporada.

“Creio que pelo nosso desempenho ao longo do ano, temos possibilidades reais de passar. Porém, sabendo que não será um jogo tranquilo, eu já elogiei o adversário. Eles jogam com brio, com velocidade. Não podemos achar que por estarmos em casa, com todos esses números vamos ganhar do Nacional. Não, temos que ir com força, sabendo da qualidade deles”, ressaltou.

Baixas

Suspensos, o lateral Fábio Alves e o atacante Nando desfalcam o Botinha.

Nacional tem missão difícil



O Nacional de Patos vai jogar a partida de sua vida, pois sabe que apenas a vitória por dois gols de diferença garante a equipe sertaneja na final do campeonato, e com vaga garantida na Série D do Campeonato Brasileiro de 2020. Sabendo disso, o treinador Delany deve ir com força total para a partida de hoje no Almeidão, aproveitando os erros botafoguenses, para sair de campo com o objetivo conquistado.

Com o desfalque do camisa número 02, Birungueta, que foi expulso na última partida, o Nacional vai para o ‘tudo ou nada’, mas com a certeza de que ainda não está nada definido. Um dos combustíveis para tentar reverter o placar é lembrar da campanha da equipe em 2007, ano em que sagrou-se campeão paraibano.

Apesar de ser um ‘novo campeonato’, por se tratarem agora de partidas eliminatórias, o Nacional vai precisar fazer o que nenhuma equipe conseguiu até aqui: vencer o Botafogo-PB em pleno Estádio Almeidão. O retrospecto do Alviverde jogando fora de casa não é animador, mas em uma ocasião, contra a Desportiva Perilima, o Naça conseguiu aplicar o placar que precisa para sair de campo com a classificação: 3 a 1. Nos outros quatro jogos, o time perdeu três e venceu o Esporte, no José Cavalcanti.

Relacionadas