sexta, 20 de setembro de 2019
Futebol
Compartilhar:

Com proposta de time da Série B, Israel deve deixar o Botafogo

Gabriel Botto e Halan Azevedo / 08 de junho de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
O lateral direito Israel pode estar de saída do Botafogo-PB. O provável destino dele é um clube da Série B do Campeonato Brasileiro, ainda mantido em sigilo. A informação foi confirmada pelo gerente de Futebol do Belo, Fernando Gaúcho. Conforme o dirigente, a proposta por Israel chegou ao Belo recentemente e o lateral poderá sair do clube sem pagamento de multa, já que no contrato existe uma cláusula de liberação gratuita em caso de propostas de clube da Série A ou B.

“Israel teve uma proposta a nível de Série B e tínhamos um acordo que se alguém de Série B viesse (para contratá-lo) ele poderia sair. Existe essa possibilidade, estamos aguardando e a gente está de olho em uma possível reposição para a lateral”, disse Gaúcho.

Utilizado pelo técnico Evaristo Piza principalmente na Copa do Nordeste, Israel já despertou fortes emoções na torcida do Botafogo-PB, que em parte o defende pelas jogadas ofensivas e o grande vigor físico, mas também o critica por erros em cruzamentos. Caso ele saia do clube, Piza terá apenas Neílson como opção para a lateral direita no elenco.

Questionado sobre a situação de outros atletas que não estão sendo usados pelo treinador Evaristo Piza, como o atacante Adalgiso Pitbull, Gaúcho contou que sabe da vontade do jogador em atuar e que o clube não irá se opor caso uma proposta chegue para levá-lo da Maravilha do Contorno.

“Tem alguns atletas que realmente não tiveram uma sequência. O mercado é muito dinâmico e obviamente a gente tenta manter os atletas. Pitbull tem contrato, mas tem a situação de que ele está parado e precisa jogar. Ele tem mercado e jamais iremos impedir qualquer situação (de saída) para prejudicar o atleta”.

Saídas confirmadas. Sem espaço no clube após a chegada do lateral esquerdo Neuton, o também lateral esquerdo Charles, que vinha sendo reserva de Fábio Alves, deixou o Botafogo-PB após rescindir contrato na última quinta. Quem também já acertou saído do Belo foi o atacante Paulo Renê, que foi emprestado para o América de Natal, onde disputará a Série D do Brasileirão.

Clayton quer encerrar a má fase



Em uma seca de gols nos últimos oito jogos, o meia Clayton sentiu o desfalque do meia Marcos Aurélio na equipe do Botafogo-PB. O camisa sete do Belo revelou que com a ausência do capitão da equipe nos jogos, ele acaba ficando mais distante do gol, tendo que fazer o papel do companheiro de equipe durante as partidas. Clayton afirmou também que não se preocupa muito com a escassez dos gols, desde que o Botafogo-PB saia de campo com os três pontos na bagagem.

“Com certeza, ele é um cara que dispensa comentários, a qualidade dele. A gente sente falta dele com certeza. São coisas que a gente já está acostumado, a jogar ao lado dele, com nosso entrosamento, então quando ele fica fora, demora um pouco a se adequar com o substituto e acaba que eu volto um pouco mais, ficando longe do gol, fazendo a função dele”, completou o meia do Belo.

Artilheiro do Belo ao lado do atacante Nando, Clayton afirmou que, apesar de não estar fazendo gols nos últimos jogos, ele ajuda a equipe em outras situações, até mesmo voltando para marcar. O meia do Belo revelou que quer voltar à boa fase de fazer muitos gols, mas que isso não é prioridade para ele.

“Como sempre falei em todas as entrevistas, o importante é o nosso time estar ganhando. A gente ajuda como pode, às vezes com marcação, criando jogadas, mas o importante são os três pontos. Claro que é bom ajudar a equipe fazendo gols e com assistências e espero voltar a fazer gols e ajudar o Botafogo-PB no campeonato”, disse o meia Clayton.

Amanhã, o Belo enfrenta o Globo-RN, pela sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Sobre o jogo, Clayton afirmou que o adversário é uma equipe perigosa, que vai explorar os contra-ataques para surpreender o Botafogo-PB no Estádio Almeidão, o que serve de alerta para o treinador Evaristo Piza.

Relacionadas