domingo, 09 de maio de 2021

Futebol
Compartilhar:

Com gramado do Renatão em obras, Raposa busca local para pré-temporada

Lídice Pegado / 22 de novembro de 2018
Foto: Reprodução / João da Paz
Seis dias para a apresentação do elenco e sete dias para o início da pré-temporada. Esse é o prazo para que se dê início, de forma oficial, aos trabalhos do Campinense visando à temporada 2019. Entretanto, o campo onde o time treinará ainda é uma incógnita. O estádio Renatão só estará pronto na primeira quinzena de janeiro e a diretoria ainda não deu garantia de onde acontecerá a preparação.

As obras de reforma do Renatão iniciaram dia 15 de agosto e caminham a passos lentos. O plantio da grama nova está previsto para acontecer daqui a duas semanas e o campo só ficará pronto para ser utilizado na primeira quinzena de janeiro, pelo menos é o que garante o engenheiro da obra, William Paiva, que disse que tudo dependerá do desenvolvimento do local.

“A liberação do campo vai depender do desenvolvimento após o plantio. Se a raiz pegar e a grama crescer bem, entre 45 e 60 dias, nas duas primeiras semanas de janeiro, o gramado estará liberado para o time realizar suas atividades normais”, disse o engenheiro.

O técnico Francisco Diá não se mostrou contente com a situação encontrada para os treinos, mas garantiu que isso não será uma dificuldade que torne questionável o desempenho do time. Segundo ele, a diretoria ainda não se pronunciou quanto ao campo onde serão realizados os treinos.

“Ainda não temos onde treinar e isso é ruim. Teremos que nos deslocar, gerando uma despesa maior. Ainda não está confirmado, mas a diretoria está tentando fazer uma parceria com o estádio Titão, lá em Lagoa Seca, para que a gente se prepare lá”, comentou o técnico Francisco Diá.

Relacionadas