terça, 13 de novembro de 2018
Futebol
Compartilhar:

CBF divulga tabela das quartas de final com jogo do Treze em JP

Lídia Pegado e Raniery Soares / 26 de junho de 2018
Foto: Rafael Passos
A CBF quer mesmo que o Treze pague a perda do mando de campo logo neste primeiro jogo das quartas de final, diante do Caxias-RS. Nessa segunda-feira (25), a entidade divulgou a tabela dos jogos da nova fase da Série D e marcou a partida do Galo da Borborema para o próximo domingo (1º), no Estádio Almeidão.

Após o incidente da partida contra o Itabaiana-SE, no sstádio Presidente Vargas, o Treze foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de um mando de campo e uma multa no valor de R$ 5 mil.

Porém, o advogado do clube, George Ramalho, garantiu que a partida das quartas de final aconteceria no PV. No último dia 6 de maio, duas bombas foram arremessadas de fora dos muros para dentro do estádio, atingindo três torcedores em um dos setores da arquibancada. O jogo era válido pela terceira rodada da Série D.

A defesa do Galo da Borborema apresentou ao STJD um recurso contra a punição aplicada, na tentativa de suspender a decisão judicial que solicitava que o confronto acontecesse em um estádio a, pelo menos 100 km de distância.

De acordo com George, não chegou até o clube nenhuma intimação para responder ao recurso.

“O Treze apresentou recurso ao STJD contra a punição aplicada, tendo em vista que o clube havia sido absolvido na primeira instância do STJD e não foi intimado para responder ao recurso interposto pela procuradoria. Assim, entendemos que o julgamento é nulo de pleno direito”, disse o advogado.

O duelo que classificou o Treze aconteceu no último domingo (24), contra o Iporá-GO. O Galo perdeu por 2 a 1, mas como havia vencido por 2 a 0 em casa, poderia perder por diferença de um gol ou empatar, e assim se classificou para as quartas de final.

De braços abertos

Antes, um dos planos do Treze era cumprir esta punição mandando este jogo para o estádio José Cavalcanti, em Patos, já que a praça esportiva sertaneja está cadastrada no Sisbrace (Sistema Brasileiro de Classificação de Estádios) e por isso, pode receber jogos de competições organizadas pela CBF.

O ex-presidente do Nacional de Patos, José Ivan dos Santos, que atualmente responde pela gerência de Esportes da Prefeitura de Patos, revelou que recebeu uma ligação do técnico Flávio Araújo, após o jogo contra o Iporá-GO.

Segundo Ivan, a ligação foi exatamente para discutir esta possibilidade e de pronto, o ex-dirigente nacionalino atendeu o pedido, frisando que esta mesma cena já aconteceu com o Verdão Maravilha e na época, a cidade de Campina Grande foi quem abriu as portas para o time sertanejo.

“Em 2007 eu sei muito bem o que passamos. A CBF não nos deixou jogar em Patos e precisamos de Campina Grande, já que era o estádio mais próximo. Flávio é um grande amigo, já indicou vários jogadores para o Nacional e em 2008 tentamos trazê-lo para Patos. Falei para ele que o José Cavalcanti e a cidade de Patos está de braços abertos para receber um representante paraibano que hoje está lutando pelo acesso à Série C. Ganha o Treze, mas também ganha o futebol paraibano” disse Ivan.

Relacionadas