quarta, 17 de julho de 2019
Campeonato Paraibano
Compartilhar:

Times que vão disputar o Campeonato Paraibano 2018 já definiu os seus dez técnicos

Franco Ferreira / 21 de outubro de 2017
O Conselho Técnico da Federação Paraibana de Futebol (FPF) programa para terça-feira (24), a continuidade das discussões para aprovação da fórmula de disputa do Campeonato Paraibano de 2018. Enquanto isso, os dez clubes estão praticamente com elenco montado e comissão técnica definida.

A próxima reunião será o segundo encontro, envolvendo os dirigentes dos clubes e da Federação, que terá o objetivo de definir início e termino da competição. Serão discutidas também, a aprovação do regulamento, período e fórmula de disputadas.

O mapa da competição estadual aponta que, o Sertão terá três representantes, com Atlético de Cajazeiras; Nacional de Patos; e Sousa Esporte Clube, de Sousa. O Brejo conta apenas com a Desportiva Guarabira. O Planalto da Borborema tem Treze, Campinense e Serrano. Enquanto que, o Litoral comporta Botafogo, Auto Esporte e CSP.

O Atlético de Cajazeiras, o primeiro clube a confirmar a comissão técnica terá Índio Ferreira, como treinador. Com passagem por Auto Esporte e Internacional, Índio Ferreira, que já trabalhou no futebol de Alagoas, vai para a segunda temporada no futebol paraibano.

O Nacional de Patos não teve trabalho para definir seu técnico. A diretoria manteve Marcos Nascimento, um velho conhecido do futebol patoense, com passagem no próprio Nacional. Ele chega com o status de ter levado o Canário do Sertão a conquista de campeão paraibano da Segunda Divisão, este ano. O Sousa Esporte Clube por sua vez aposta no trabalho do técnico, Cleibson Ferreira, que já comandou o Atlético de Cajazeiras.

O Auto Esporte, o último clube a confirmar a contratação do técnico, repatriou Severino Maia, que estava no São Paulo Crystal. Aliás, a volta de Maia aconteceu devido uma parceria com a diretoria do tricolor de Cruz de Espírito Santo.

O Botafogo é o único clube que foi buscar um treinador completamente desconhecido do torcedor paraibano e aposta em Leston Júnior, que teve passagem por clubes do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pará. O CSP confirmou acertou com o técnico, Léo Oliveira. Enquanto que, a Desportiva Guarabira contratou o técnico, Wassil Mendes, que trabalhou no futebol do Rio Grande do Norte.

O Serrano aposta em Suélio Lacerda, que já foi técnico de Treze, Campinense, Sousa, Botafogo e Nacional de Patos. Enquanto que, o Treze que tem a proposta de motivar seu time contratou o técnico, Oliveira Canindé. Já, o Campinense acertou técnico, Celso Teixeira, que comandou o seu maior rival, o Treze, no ano este ano.

Relacionadas