sábado, 16 de janeiro de 2021

Botafogo
Compartilhar:

Questionado, presidente Zezinho Botafogo sonha com o título

Allan Hebert / 04 de maio de 2017
Foto: RAFAEL PASSOS
Principal alvo das críticas da torcida após o fraco início de temporada do clube, que culminou com as eliminações precoces na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil, o presidente do Alvinegro da Estrela Vermelha, Zezinho Botafogo, pode conseguir sua redenção se o time da Capital conquistar o título do Campeonato Paraibano, no próximo domingo. Com a vitória por 3 a 2 no jogo de ida, o Belo pode até perder por um gol de diferença para o Treze que fica o troféu.

Zezinho foi eleito para a presidência do clube por aclamação, no final do ano passado. No entanto, com o fraco futebol apresentado pela equipe no início de 2017, sofreu com as críticas dos torcedores, que pediam sua renúncia a cada revés sofrido. Perto de conquistar um título logo no primeiro ano no comando do Botafogo, o cartola esquece as vaias e só pensa em erguer o lindo troféu de campeão paraibano.

“O Botafogo é um time de massa e eu tenho o maior carinho pela torcida do Botafogo. Tenho certeza que as pessoas que me conhecem sabem do compromisso e do amor que tenho por esse clube. Os torcedores estão todos perdoados e eu quero é que todos venham a campo no domingo para que a gente possa comemorar a conquista desse título”, comentou o dirigente.

O cartola nunca escondeu de ninguém que seu principal objetivo é colocar o Botafogo na 2ª Divisão do Campeonato Brasileiro. O time, que ficou no quase no ano passado, já estreia na Série C no dia 14 deste mês, contra o Cuiabá-MT, no Almeidão. Apesar da proximidade da competição, reforços só devem ser apresentados após o término do Paraibano.

“Na verdade nosso foco está todo voltado para a final. Depois da final é outra coisa. Estamos todos empenhados em trazer um grande público para o Almeidão. A torcida do Treze foi em grande número ao Amigão e tenho certeza que nossa torcida vai lotar o estádio na decisão de domingo. Depois disso, pensamos na Série C”, concluiu.

Relacionadas