sábado, 26 de maio de 2018
Campeonato Paraibano
Compartilhar:

Fora de casa, Nacional de Patos pode garantir permanência

Franco Ferreira / 21 de Março de 2018
Foto: Rafael Passos
Conquistar uma vitória para se garantir na elite do futebol paraibano. É com este propósito que o Nacional de Patos enfrenta o Auto Esporte nesta quarta-feira (21), às 20h30, no Almeidão. Se o clima no Verdão Maravilha é de ‘um passo para o paraíso’, no Macaco Autino, as oportunidades para se manter na Primeirona estão se esgotando. O jogo é válido pelo quadrangular da morte.

Com desfalques em ambos os lados, o duelo promete fortes emoções. No lado nacionalino, os atacantes Pedro Neto e Manú, expulsos no jogo contra o Atlético, cumprem suspensão automática. O meia Patrick com o terceiro amarelo também fica fora.

O zagueiro Eduardo Sousa (lesão na coxa direita) e o atacante Ruan (inflamação na boca) estão vetados pelo departamento médico. Já o volante Guídio pediu para deixar o clube da cidade de Patos.

No alvirrubro pessoense, de acordo com o treinador do Auto Esporte, Maia, três jogadores já estão fora dos planos nesta reta final: o volante Everton foi afastado por ato de indisciplina, o meia Dwan não agradou tecnicamente e o atacante Wanderley pediu para ir embora, alegando problemas pessoais.

Além de não contar com esses três, Maia ainda tem outras dúvidas para encarar o Nacional. Biro-Biro, João Pedro e Jacson se queixam de dores musculares, enquanto que Arthur Diego está sentindo um desconforto no tornozelo.

O Auto Esporte soma quatro pontos, assim como a Desportiva Guarabira. O Time do Povo precisa vencer para tentar na próxima rodada, a permanência na Primeira Divisão. A situação de momento aponta Atlético de Cajazeiras e Nacional de Patos com sete pontos e mais próximos do ‘fico’ na elite.

Relacionadas