terça, 19 de janeiro de 2021

Campeonato Paraibano
Compartilhar:

Com show de Marcos Aurélio, Belo goleia a Desportiva Guarabira, no Silvio Porto

Amauri Aquino / 24 de janeiro de 2018
Foto: Nádya Araújo/Botafogo-PB
Marcos Aurélio_Desportiva x Botafogo 24012018 - Nádya Araújo/Botafogo-PB

Definitivamente, ele estreou. É bem que a contratação mais importante do Botafogo, de olho na temporada 2018, já havia estreado diante do CSP, na segunda rodada, mas ontem Marcos Aurélio foi o responsável direto, com dois gols marcados, da goleada do Botafogo sobre a Desportiva, pelo placar de 4 a 1, no Estádio Sílvio Porto,  pela 4ª rodada do Campeonato Paraibano.



Com a vitória, o Botafogo diminuiu a distância para o Campinense em um ponto no Grupo A. Agora o time da Maravilha tem 8 pontos, mas a Raposa ainda joga, hoje, contra o Serrano, que ainda é líder do Grupo B, junto com o Atlético. O time volta à campo  no próximo domingo, quando enfrenta o Trovão Azul, em Cajazeiras. Já a Desportiva viaja até Sousa, onde pega o embalado Dinossauro.



Primeiro tempo



A Desportiva aproveitou o mando de campo e partiu pra cima. Logo aos 4 minutos de jogo, a defesa alvinegra falhou e bola sobrou para Van Van, que quase abriu o placar. Cinco minutos depois, o atacante Ebinho recebeu passe de Anderson na entrada da área e quase abriu para o time do Brejo.



De tanto pressionar, a equipe comandada pelo técnico Wassil Mendes chegou ao gol. Aos 19, Meia Noite bateu lateral e jogou a bola na área, o zagueiro Moisés desviou na primeira trave e Edinho só escorou no contrapé do goleiro Edson. Era o primeiro do Azulão para a festa da torcida que levou um bom público ao Sílvio Porto.



Após o gol o jogo ficou morno. O Botafogo até que tentou tomar as rédeas da partida, mas errava muito passe, principalmente na ligação de jogo entre o meio-campo e o ataque. E antes do intervalo, a equipe de Leston Júnior ainda conseguiu chegar por duas vezes ao gol do arqueiro Marcão.



Primeiro com uma falta, cobrada por Fábio Alves, mas Humberto não conseguiu concluir. E já no último minuto de jogo na primeira etapa, Nando e Carlos Renato bem que tentaram uma tabela, mas na hora da conclusão,  a bola foi tirada pela zaga do Azulão.



Segundo tempo



Mas não demorou muito, o empate alvinegro saiu logo no primeiro minuto de jogo na segunda etapa, o atacante Netinho sofreu falta na lateral do campo. Marcos Aurélio cobrou e a bola passou desviou na zaga e morreu nas redes do goleiro Marcão.



A virada não demorou muito. Aos 15 minutos, numa jogada de contra-ataque, Marcos Aurélio passou para Carlos Renato, que avançou para o campo de ataque. O jogador fez um cruzamento longo em direção a Nando, mas antes disso, o zagueiro Joalisson, da Desportiva, tentou cortar e cabeceou contra a própria meta. A bola ainda encobriu Marcão antes de morrer no fundo do gol.  Belo na frente.



Atrás no placar, o técnico Wassil tratou de dar um gás novo no time de Guarabira. De uma vez só, ele realizou três alterações na equipe. Pajé, Victor e Ewerton entraram nos lugares de Ciel, Léo Cabeludo e Meia Noite.  Com a equipe renovada, o time de Guarabira foi pra cima e começou a pressionar o time da Maravilha do Contorno.



O problema é que do outro lado tinha Marcos Aurélio, e o camisa 10 estava afim de ser o protagonista do jogo. Tanto que aos 34 minutos o meia cobrou falta com perfeição, no ângulo direito de Marcão, que nada pôde fazer. Três minutos depois, o lateral Fábio Alves jogou na área. Marcão espalma pra frente e a bola encontra o pé do zagueiro Walber, que só teve o trabalho que colocar pra dentro. Goleada no Sílvio Porto.

Relacionadas