domingo, 17 de janeiro de 2021

Futebol
Compartilhar:

Campeonato Paraibano 2018 começa neste domingo

Allan Hebert / 07 de janeiro de 2018
A emoção vai voltar a rolar nos campos de futebol da Paraíba. A partir de hoje, dez clubes iniciam a luta pelo título do Campeonato Paraibano 2018. A rodada inaugural terá quatro jogos, já que o confronto entre Desportiva Guarabira e Campinense foi remarcado para a próxima terça-feira, devido a obras no Estádio Sílvio Porto. Agora, a partida será disputada no estádio Amigão, às 20h.

Atual campeão, o Botafogo novamente começa com o status de time a ser batido. Após quase ser rebaixado para a Série D no ano passado, o clube resolveu renovar o plantel e fez contratações importantes para o certame estadual. As principais deles são o meia Marcos Aurélio e o centroavante Nando, que serão comandados pelo técnico Leston Júnior.

Os outros representantes do futebol da Capital, Auto Esporte e Centro Sportivo Paraibano fizeram investimentos mais modestos. O Macaco Autino apostou em uma parceria com o São Paulo Crystal e trouxe de volta o técnico Severino Maia, que quase levou o clube à semifinal em 2017. O Tigre, por sua vez, segue apostando na força de sua base para surpreender.

Segundo colocado em 2017, o Treze novamente promete vir forte, amparado pelas receitas que vão entrar no clube devido à participação na Copa do Nordeste e Copa do Brasil. O Galo da Borborema apostou em Oliveira Canindé, que fez história no rival Campinense ao conquistar o Nordestão em 2013, para treinar o time. A grande estrela segue sendo Marcelinho Paraíba, que retornou ao clube recentemente e ainda não está regularizado para atuar na estreia.

Diferentemente dos maiores rivais, o Campinense começa a temporada em baixa. Com pouco dinheiro, a Raposa ainda teve que lidar com a saída de oito atletas ao longo da pré-temporada. Com um plantel enxuto, o técnico Celso Teixeira terá que fazer um grande trabalho para levar o rubro-negro ao título.

Ainda em Campina Grande, o Grêmio Serrano sonha em repetir a boa campanha realizada no Paraibano do ano passado, quando brigou pela classificação até a última rodada. No entanto, o time comandado pelo experiente Suélio Lacerda não parece ter a mesma força de outrora. O grande destaque segue sendo o meia Izaías.

A região do Brejo volta a ter um representante na elite do futebol paraibano em 2018. De fora da competição desde 2011, a Desportiva conquistou o vice-campeonato da Segundona e garantiu seu retorno. Com um time sem estrelas, o Azulão do Brejo espera contar com a força do estádio Sílvio Porto para se manter na Primeira Divisão.

Campeão estadual em 2007, o Nacional de Patos é outro time que volta à elite após faturar o título da Segundona. O Verdão Maravilha manteve o técnico Marcos Nascimento e alguns atletas importantes da temporada passada, mas a crise financeira pode atrapalhar o time ao longo do campeonato.

Dos três representantes do Sertão, o Atlético de Cajazeiras é com certeza o time mais forte. O Trovão Azul manteve uma base do time semifinalista no ano passado e se reforçou bem para quem sabe brigar pelo título nesta temporada. O responsável por guiar a equipe será Índio Ferreira.

Assim como o Nacional, o Sousa também promete ter um ano difícil no aspecto financeiro. Até por isso, o presidente Aldeone Abrantes montou um elenco barato, mas com pretensões de pelo menos chegar à semifinal.

Relacionadas