sexta, 26 de fevereiro de 2021

Futebol
Compartilhar:

Campeãs de etapa da Primeira Liga, xarás visam competições nacionais

Raniery Soares / 25 de junho de 2017
Foto: Raniery Soares
Álvaro e Saymon, Emanuel e Loyola, Zé Marco e Ricardo são duplas de vôlei de praia do presente, mas também do passado e com nomes bem diferentes. Mas, quem diria que na Paraíba existira uma dupla que as jogadoras possuem o mesmo nome (ou quase)? A diferença é apenas uma letra, mas que no som, não diferencia em absolutamente nada.

Giovanna Claudino e Giovana Bárbara jogam juntas há pouco tempo, mas parece que já são parceiras de longa data. Atuais líderes do ranking paraibano, elas venceram recentemente a primeira etapa da Liga Paraibana de Vôlei de Praia, que foi a segunda competição da dupla. Agora, o próximo passo é seguir firme na preparação, de olho nas competições regionais e também nacionais.

"Já nos conhecíamos, mas jogávamos com outras parceiras. Depois de algumas conversas, resolvemos nos juntar e começar esse desafio juntas. Ela foi campeã e eu fui vice no Brasileiro Escolar e com isso, vimos que poderíamos formar uma boa dupla. Assim aconteceu, ou melhor, está acontecendo e está dando certo", disse Giovana Bárbara, que joga com o número dois.

Ela tem 1,71m e Giovanna Claudino, 1,56m, que para o vôlei de praia até pode ser considerada uma estatura baixa. Porém, este dado é desprezado na hora de mostrar garra e talento dentro da quadra.

"Dois dos maiores nomes do vôlei de praia da atualidade são os mais baixinhos. Álvaro Filho e Bruno Schmidt possuem 1,85m, em um universo com muitos jogadores de dois metros. Se faltar altura, compenso com determinação na hora do jogo", revelou Claudino.

Elas já miram no primeiro desafio importante da carreira recente: a Copa do Nordeste, que acontecerá no mês de agosto.

A magia do esporte nas areias da Capital

É inegável a quantidade de talentos que a Paraíba já exportou e ainda consegue revelar para o cenário do vôlei de praia, não só nacional, mas também internacional.

A areia das praias de Cabo Branco e Tambaú possuem uma força mágica, que até já tentaram explicar como funciona, mas ainda não conseguiram.

"Temos muitos nomes que orgulham a Paraíba e também nos estimula a seguir em frente. O nosso espelho está bem perto da gente, pois aqui treinam os melhores jogadores do país, seja no profissional, como também em nível escolar. Queremos o profissionalismo e sabemos que ainda precisamos percorrer muito para chegarmos, mas se for pelo estímulo que nos é passado ou até mesmo pelas referências, podemos ir muito longe", diz Giovana Bárbara.

As Giovannas treinam ao lado de dois outros nomes que são promessas no mesmo esporte: Isac e Ismael, que recentemente foram campeões mundiais na Polinésia Francesa.

Relacionadas