quinta, 25 de fevereiro de 2021

Futebol
Compartilhar:

Botafogo ainda não venceu o Salgueiro jogando pela Série C

Allan Hebert / 04 de agosto de 2017
Foto: Reprodução
Jogar no Estádio Cornélio de Barros, palco da partida contra o Salgueiro neste sábado (5), às 20h, pela 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, não vem sendo fácil para o Botafogo. Desde que o Belo voltou a disputar a Terceirona, em 2014, o time ainda não sabe o que é vencer na praça esportiva localizada no Sertão pernambucano.

São três confrontos contra o Carcará no local e três derrotas na bagagem. O histórico ruim começou em 2014, ano em que as duas equipes voltaram à Série C. Em jogo disputado no dia 21 de agosto, o Salgueiro venceu por 1 a 0. Na temporada seguinte, os times duelaram no dia 02/08, e o Carcará goleou o Belo por 4 a 1. Ano passado, o confronto no Cornélio foi logo na primeira rodada e o time da casa voltou a vencer, desta vez por 1 a 0.

O Botafogo tem uma motivação a mais para tentar quebrar o tabu. Vindo de cinco derrotas consecutivas, a diretoria demitiu Itamar Schülle e contratou Ademir Fonseca para o seu lugar. O técnico sabe que não será nada fácil conquistar a vitória, mas quer estrear no comando do clube com o pé direito. “Ninguém joga para perder. Tudo mundo entra em campo pensando na vitó- ria. Agora, quando você vai para uma guerra, você tem que ter estratégia. Não se vence uma guerra de qualquer maneira. Nós sabemos que é um duelo de grupos, de elenco e, principalmente, um duelo individual de atletas, em que cada um vai procurar fazer o seu melhor dentro do seu metro quadrado, travar um duelo individual contra o seu oponente e dentro de um conjunto conseguir quem sabe uma vitória. É difícil, mas não é impossível”, garantiu.

A última vitória no Cornélio de Barros foi no dia 29 de setembro de 2013, pelo jogo de ida da semifinal da Série D. Na oportunidade, o time comandado por Marcelo Vilar ganhou por 2 a 1, com gols de Doda e Isaías, e deu um grande passo para chegar à decisão do campeonato. Vale lembrar que o Alvinegro da Estrela Vermelha passou de fase e acabou campeão da Quarta Divisão nacional.

Relacionadas