segunda, 21 de setembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Bota estreia na Copa São Paulo com a missão de superar campanha de 2016

Allan Hebert / 03 de janeiro de 2017
Foto: Rafael Passos
Após fazer história na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016, quando colocou o futebol paraibano pela primeira vez na segunda fase da principal competição de base do país, o Botafogo sonha em chegar ainda mais longe na edição deste ano. O primeiro passo da garotada do Belo rumo ao objetivo será dado hoje, às 17h45, contra o Vasco da Gama. O Auto Esporte, outro representante do Estado na competição, joga mais cedo, diante do Votuporanguense-SP.

Ano passado, a equipe foi comandada por Ramiro Sousa, que agora dá lugar a Adriano Rodrigues. Com um grupo experiente, já que vários dos 20 atletas já participaram de pelo menos uma Copinha, o técnico espera mais uma vez fazer bonito na competição. O objetivo é novamente passar da primeira fase e tentar ir ainda mais longe.

“Nós fizemos história em 2016, sendo a primeira equipe do Estado a passar da primeira fase, mas nossa intenção é chegar ainda mais longe este ano. Trabalhamos muito forte durante o ano, fomos bem nas competições que disputamos e sinto que o grupo está muito confiante e preparado para fazer um grande campeonato”, disse o técnico.

O Botafogo está no Grupo 09, que ainda conta com Vasco da Gama, Rio Branco-ES e São Carlos, equipe da casa. Neste ano, a competição ganhou mais times e o regulamento sofreu algumas alterações. A principal delas é que agora todos os primeiros e segundos colocados das 30 chaves passarão para a fase de mata-mata.

Volante quer brilhar na Copinha

A Copa São Paulo é uma das grandes vitrines do futebol brasileiro. Ciente disso, o volante Michael, de apenas 18 anos, encara a competição como a chance de mostrar seu futebol. Tratado como umas das jóias da base do Alvinegro da Estrela Vermelha, o jogador espera seguir os passos de Djavan, que saiu dos juniores para brilhar no time profissional.

“É bom escutar os elogios do pessoal, mas temos que mostrar nosso futebol dentro de campo. Temos uma grande oportunidade nesta competição e temos que dar o nosso máximo, sempre com foco e dedicação. Espero ir bem na Copinha para depois ter oportunidades no time profissional”, contou o jagador.

Logo na estreia o Botafogo terá um grande desafio de encarar o poderoso Vasco da Gama, no Estádio Professor Luís Augusto de Oliveira, em São Carlos-SP. Apesar da camisa do rival, Michael não se intimida e espera fazer uma grande partida. Outro fator que motiva é que a partida será televisionada para todo país, uma chance a mais de mostrar seu futebol.

O elenco comandado por Adriano Rodrigues ganhou o reforço de quatro atletas que já foram promovidos ao time profissional, mas ainda têm idade para participar da competição de base. São eles: o zagueiro Walber, o volante João Pedro, o meia Marquinhos e o atacante Alessandro Soares.

Relacionadas