quinta, 18 de abril de 2019
Futebol
Compartilhar:

Belo perde em casa para o Londrina e fica em situação delicada

Gabriel Botto / 14 de março de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
O Botafogo-PB foi derrotado na noite de ontem, por 2 a 0, pelo Londrina-PR, em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. Mesmo com um jogador a mais, o Belo não conseguiu furar a defesa do Tubarão, que explorou os contra-ataques e complicou a vida do Belo na competição.

O primeiro tempo começou com as equipes se estudando muito, mas o Botafogo-PB era quem tomava as primeiras atitudes para chegar ao gol adversário. A primeira grande chance partiu dos pés do meia Marcos Aurélio, que cobrou uma falta com perfeição, triscando no travessão do gol defendido pelo goleiro Alan.

As coisas melhoraram para o Belo quando, aos 27 minutos o meia Rômulo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso em um lance infantil. O jogador obstruiu uma cobrança de falta no campo de defesa do Botafogo-PB, complicando a vida do Londrina para o restante da partida.

A partir daí, o jogo passou a ser completamente dominado pelo Botinha, que aproveitava a superioridade numérica para realizar infiltrações na defesa do Londrina, em busca de abrir o placar.

O Londrina tentava sair nos contra-ataques, mas via um sistema defensivo do Botafogo-PB muito atento, bloqueando as investidas do time paranaense. Nos acréscimos do primeiro tempo, o Tubarão teve a única grande chance de marcar o gol. Aproveitando um erro do meia Clayton, os atacantes Uelber e Marcelinho tabelaram até a entrada da grande área, mas o último toque foi interceptado pelo zagueiro Lula.

2ª etapa. O treinador do Londrina, Alemão, deu a receita do que seria o pior segundo tempo do Botafogo-PB na temporada. O Londrina se fechou na defesa e começou a explorar os contra-ataques, chegando, já no primeiro minuto da segunda etapa, aproveitando uma falha da zaga e abrindo o placar do jogo, com um chute do atacante Marcelinho, sem chances para o goleiro Saulo.

Após o gol, o Belo partiu para cima da equipe paranaense em busca de empatar a partida, mas parou no bom sistema defensivo do rival.

O desespero do Belo fez com que mais um espaço fosse deixado na zaga, na correria de Felipe Vieira, que invadiu a área e fez o segundo do Londrina.

Com o resultado, o time paraibano precisa vencer o jogo de volta, marcado para o dia 3 de abril, no estádio do Café, por três gols de diferença. Se ganhar por dois tentos de vantagem, a decisão vai para os pênaltis.

Relacionadas