domingo, 19 de maio de 2019
Futebol
Compartilhar:

Após eliminação no pré-Nordestão, técnico do Campinense entrega o cargo

Lídice Pegado / 17 de maio de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
O resultado do jogo do Campinense contra o Náutico-PE não foi satisfatório e resultou na saída do técnico Francisco Diá, que entregou o cargo assim que a partida acabou. Sem a classificação à Copa do Nordeste 2020 e agora sem técnico, quem assumiu interinamente o comando foi o auxiliar técnico Romildo Freire.

A Raposa venceu o primeiro jogo da fase preliminar por 2 a 1 e viajou até Recife com a vantagem de apenas um empate para conquistar a vaga na competição regional do ano que vem. Com o desempenho, mais uma vez, abaixo do esperado, a vaga que foi tão almejada pelo clube ficou para o Timbu depois de uma derrota por 2 a 0 nesse segundo jogo. O placar agregado foi de 3 a 2, favorável ao Náutico.

Assim que acabou a partida, o treinador já estava decidido a deixar o time e escreveu uma carta de agradecimento e despedida. Nela, ele mencionou todos os seus momentos de glórias em sua primeira passagem pelo Rubro-negro, reconheceu que fez um bom trabalho nessa temporada e que mesmo em meio a muita turbulência encontrada no Campinense, não abandonou o barco, afirmando que sempre terá muito carinho pelo time.

Junto de Diá, o coordenador técnico Paulo Moroni também deixou o clube. Agora, o time vira a chave e volta suas atenções ao compromisso do próximo sábado, em Arapiraca, contra o ASA-AL. O elenco continua em Recife até a tarde de hoje, treinando no estádio do Arruda ontem e no CT do Sport hoje pela manhã, na capital pernambucana, seguindo viagem pela tarde. A terceira rodada da Série D será amanhã, às 16h, no estádio Fumeirão.

Reforço. Em contrapartida à demissão de Diá, o Campinense trouxe ao time um novo reforço com o intuito de atingir o último objetivo dessa temporada, que é o acesso à Série C do Brasileirão. O nome da vez é o atacante Flávio Carioca, de 30 anos. A última passagem dele, que atua como centroavante, foi na Associação Atlética Anapolina/GO, onde disputou o Campeonato Goiano da Primeira Divisão e marcou oito gols a favor do time, sendo o vice artilheiro da competição.

O atacante já atuou em equipes como Americano-RJ, Nova Iguaçu-RJ, Água Santa-SP, América-RN e Cuiabá-MT. Ele chegou em Recife na noite de ontem e já se juntou ao restante do elenco. Apesar de a contratação ter sido anunciada oficialmente pelo clube, ele deverá ser oficialmente apresentado segunda-feira.

Sem definição

A diretoria do Campinense não deu pistas sobre quem será o próximo técnico do clube. Enquanto isso, o interino Romildo Freire assume.

 

Relacionadas