terça, 11 de dezembro de 2018
FPF
Compartilhar:

Filho de Rosilene vai disputar pleito da FPF

Raniery Soares / 28 de agosto de 2018
Foto: NALVA FIGUEIREDO
A eleição para presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF) começa a ‘tomar corpo’ e nessa segunda-feira (27), mais um nome se lançou para a disputa. Filho da ex-presidente Rosilene e do também ex-presidente Juraci pedro Gomes, Sandro Gomes confirmou que vai concorrer no pleito ao lado do supervisor de futebol do Campinense, Dorgival Pereira. Os outros nomes que formarão a chapa ainda não foram divulgados.

Antes, a informação que circulava nos bastidores era que Tyrone Gomes (irmão de Sandro) também faria parte da chapa, mas ele mesmo fez questão de esclarecer a história, afirmando que seria sim o candidato, mas em um projeto que contava com o apoio do presidente afastado Nosman Barreiro.

“Eu estava na chapa como vice de Nosman. Quando ele não tinha mais condições de ser candidato, por causa das condenações no STJD, conversamos e ficou tudo certo que eu ficaria na cabeça da chapa. Ele silenciou e para a minha surpresa, ele apareceu apoiando a advogada Michelle Ramalho”, disse.

Sobre Sandro, Tyrone afirmou que ele era um nome natural, já que vários clubes pediam que ele fosse o candidato. No início, segundo o irmão, houve resistência do próprio Sandro, mas depois ele acabou aceitando o desafio.

Para esta eleição, de acordo com o estatuto da entidade, cada candidato precisa ter o apoio de, pelo menos, oito clubes profissionais e oito amadores/ligas. Tyrone afirmou que o grupo já possui o número de apoios necessários para registrar a chapa encabeçada por Sandro, mas que continuará trabalhando em silêncio até o registro da candidatura.

Relacionadas