quinta, 21 de junho de 2018
Esportes
Compartilhar:

Discussão sobre próxima fase do Paraibano tem polêmica

Raniery Soares / 28 de março de 2016
Foto: Rafael Passos
Como não poderia ser diferente, a reunião ontem na FPF pegou fogo. Após muito bate-boca, as datas da segunda fase foram definidas e o hexagonal começará apenas no dia 10 de abril, com oito datas reservadas por conta da Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Já o "quadrangular da morte" terá a primeira rodada neste domingo e a tabela será divulgada na tarde de hoje.

A grande polêmica do encontro foi a discordância por conta do artigo 12 do Regulamento Geral do Campeonato Paraibano, que fala sobre a semifinal (terceira fase). Segundo a redação, "os clubes de melhor índice técnico na fase anterior jogarão por dois resultados iguais em pontos ganhos" e este detalhe, abordado pelo Botafogo Futebol Clube causou tumulto na reunião.

O presidente do Sousa, Aldeone Abrantes se retirou da reunião e disse que "dirigentes" estão querendo rasgar o Regulamento, pois pedem a exclusão da parte do documento que fala sobre esta fase. "Tem gente querendo ganhar fora do campo. Em qualquer competição do mundo, quem tem mais pontos leva vantagem. Aqui na Paraíba eu já sei o que vai acontecer dentro de campo e essa de agora vai bater o recorde, porque querem mudar o regulamento com a competição andando.

O vice-presidente do Botafogo, Breno Morais minimizou a polêmica e explicou a alegação do clube dentro da discussão. "Dentro do regulamento existem alguns artigos, que definem como serão as próximas fases. Jogar por dois resultados iguais é o natural, mas jogar por dois resultados iguais em pontos ganhos já é outra leitura. Então esperamos que a Federação discuta com o seu departamento técnico e jurídico uma resolução para este problema.

O presidente da FPF, Amadeu Rodrigues garantiu que hoje a entidade vai se pronunciar sobre o caso.

Relacionadas