terça, 11 de maio de 2021

Esportes
Compartilhar:

Com prisão decretada, Marcelinho Paraíba ‘some da mapa’

Raniery Soares / 24 de maio de 2018
Foto: Divulgação
Desde que soube do pedido de prisão expedido pela Primeira Vara de Família de Campina Grande, que o meio-campista Marcelinho Paraíba ‘sumiu do mapa’. O jogador, de 43 anos, já está há uma semana sem treinar junto ao elenco do Treze e agora aguarda uma liminar que foi impetrada pelo seu advogado, Afonso Vilar, para que o ídolo paraibano possa seguir em liberdade.

Na semana passada, o jogador foi condenado a prisão por atraso no pagamento da pensão alimentícia de um filho de 9 anos. Inicialmente a sentença é para que Marcelinho cumpra pena no Presídio do Monte Santo, em Campina Grande.

Segundo o advogado, quando fez contato pela última vez na semana passada, a orientação foi para que o jogador pudesse pagar o débito ou se manter recolhido, até que haja um desfecho do caso.

“Acredito que ele optou pela segunda opção e isso, pelo menos por mim, já era esperado. Eu já ingressei com um agravo de instrumento junto ao Tribunal de Justiça, pois entendemos que o débito de Marcelo é em relação ao parcelamento e que não está atrasado”, disse Afonso Vilar.

Na ação, Marcelinho estava com um débito desde novembro do ano passado. A dívida já era fruto de uma negociação, referente a 20 parcelas de R$ 1.700.

Porém, o advogado Afonso Vilar disse que realizou um depósito em conta judicial no valor de R$ 11.900, o que quita a pendência, ficando apenas as parcelas a partir do mês de junho próximo.

“O dinheiro já está à disposição da mãe da criança em conta judicial. O entendimento da sentença foi que Marcelo pagasse o acordo inteiro, que vai até março do próximo ano, mas se não há mais atraso, não existe razão para tê-lo recluso no presídio”, falou o advogado.

Marcelinho Paraíba treinou pela última vez no estádio Presidente Vargas na quarta-feira, dia 16. No dia seguinte, pediu para ser liberado pela comissão técnica, pois precisaria resolver problemas pessoais e na última sexta-feira recebeu a notícia de que poderia ser preso a qualquer momento, após a decisão do juiz Cláudio Pinto Lopes.

Em relação à partidas oficiais, o jogador ficou fora da goleada por 5 a 0 que o Galo da Borborema aplicou sobre o Santa Rita-AL, na última rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

A equipe do técnico Flávio Araújo já voltou aos treinos, agora visando um novo desafio contra o Vitória da Conquista-BA no próximo domingo, em Campina Grande. A expectativa era que o jogador já tivesse retornado aos trabalhos, o que ainda não aconteceu.

Marcelinho Paraíba tem sido uma das peças de destaque na atual temporada do Galo da Borborema. O time está invicto na competição nacional e agora já começa a pensar no possível adversário que encontrará no mata-mata.

Relacionadas