quinta, 21 de janeiro de 2021

Esportes
Compartilhar:

CBF divulga tabela básica da Série C e Botafogo estreia no Almeidão, contra o Cuiabá

Raniery Soares / 22 de fevereiro de 2017
Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF
O Botafogo-PB já sabe o que vai enfrentar no Campeonato Brasileiro da Série C. É que nesta quarta-feira (22), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela básica da competição nacional e o Time da Maravilha do Contorno terá a oportunidade de estrear em casa, ao lado do seu torcedor, contra o Cuiabá (MT). O presidente da FPF-PB, Amadeu Rodrigues, além de Zezinho Botafogo e Guilherme Novinho (dirigentes do Belo) estiveram representando a Paraíba na reunião realizada no Rio de Janeiro.

A entidade máxima do futebol brasileiro decidiu não mudar a fórmula de disputa da Série C, o que frustrou os desejos de vários clubes. Com isso, a definição sobre quem conquistará o acesso à Série B continuará dependendo do mata-mata das quartas de final.

Os clubes do Nordeste lideravam o bloco que defendia a proposta, que na prática, trocava o mata-mata por dois quadrangulares (formados pelo 1º e 4º colocado de um grupo + 2º e 3º colocado do outro grupo), com a fase de grupos permanecendo no mesmo sistema.

Na segunda parte do certame, a disputa seria em formato de turno e returno, com líderes e vice-líderes de cada quadrangular automaticamente garantidos na Série B. O título da Terceirona seria decidido em um mata-mata envolvendo os dois líderes dos respectivos quadrangulares.

A opinião dos paraibanos

O presidente da FPF-PB, Amadeu Rodrigues destacou a ampliação do número de passagens para os times e o plano do seguro de vida, que agora cobrirá todos os membros da delegação. Ele também destacou a mudança no número de inscrições dos atletas de cada time, que partiu para 35 jogadores, sendo que cinco deles precisam ter até 23 anos.

“Tivemos essas mudanças, mas na conversa já deixamos sinalizado que nos próximos anos precisaremos de outras inovações. A reunião foi tranquila, com todos os clubes e federações lendo e discutindo todos os itens do regulamento”, disse.

Já o presidente do Botafogo, José Freire da Costa (Zezinho), afirmou que a justificativa para que a CBF não aceitasse o fim do mata-mata, era exatamente para que a competição pudesse manter o nível de disputa elevado. O dirigente ainda revelou que pela sua vontade, o Belo estrearia fora de casa.

“A CBF e alguns clubes colocaram na mesa que o mata-mata é o que movimenta a competição. Acabou que a fórmula antiga foi mantida e sobre a nossa estreia, a minha preferência era começar jogando fora, pois o último jogo seria no Almeidão e no último ano, foi exatamente esse detalhe que nos fez passar de fase. Agora é montar uma estratégia e já começar somando pontos desde o primeiro jogo”, disse Zezinho.

Relacionadas