domingo, 19 de novembro de 2017
Esportes
Compartilhar:

campeonato brasileiro de squash começa nessa sexta em João Pessoa

Assessoria / 28 de outubro de 2015
Foto: Divulgação
A partir da próxima sexta-feira (30), os melhores squashistas do país estarão em João Pessoa, disputando a mais importante competição deste esporte no Brasil. O 36º Campeonato Brasileiro de Squash, promovido pela Confederação Brasileira de Squash (CBS) e a Federação de Squash da Paraíba (FSPB), com patrocínio máster da construtora Alliance, reunirá mais de 100 atletas, de pelo menos 13 estados,no Squash Bessa e no Viva Squash.

É a primeira vez que o campeonato brasileiro será realizado na Paraíba. “Geralmente o campeonato ficava concentrado ali no sudeste, nos grandes centros, mas agora temos uma estrutura melhor e conseguimos trazer aqui para a Paraíba”, contou o presidente da FSPB, Gilvandro Rodrigues Filho. Ele destacou a importância dos patrocinadores para que isso fosse possível. “O apoio da Alliance foi fundamental, até porque o squash é um esporte que ainda não tem muitos recursos. Sem isso não conseguiríamos fazer o campeonato aqui”, afirmou.

Os jogossão abertos ao público e começarão às 13 horas do dia 30, sendo encerrados às 15 horas do feriado de 2 de novembro. Serão disputadas seis classes amadoras, uma profissional e duas de duplas, todas com categorias masculinas e femininas. “Com certeza teremos jogos em nível nunca visto na Paraíba”, comentou Gilvandro Rodrigues Filho.

Segundo ele, a seleção paraibana já está escalada com 18 atletas no masculino e seis no feminino, além de duas duplas masculinas e uma mista. “Nossos craques costumam conquistar títulos quando disputam campeonatos em outros estados e agora, pela primeira vez em casa, a expectativa é altamente positiva”, disse.

Desde a semana passada, o treinador Roni Santos Conceição está realizando um treinamento intensivo com os atletas. Roni é um ícone do squash nacional, duas vezes campeão brasileiro e ganhador de cinco medalhas em Jogos Pan-Americanos (Winnipeg, Santo Domingo e Rio de Janeiro). O atleta figura há 20 anos entre os Top 10 do Brasil.

Relacionadas