sexta, 26 de fevereiro de 2021

Basquete
Compartilhar:

Liga Paraibana tem rodada itinerante com vitórias elásticas, em Guarabira

Annaline Araújo, da Comunicação da LPB / 04 de junho de 2017
Foto: Breno Batista/Divulgação/LPB
Breno Batista/Divulgação/LPB
O ginásio Zenobão, em Guarabira, ficou movimentado com os jogos da quarta rodada masculina e terceira feminina da Liga Paraibana de Basquete (LPB). Torcedores e moradores foram prestigiar o evento, que durou os dois dias deste último fim de semana. O destaque ficou por conta das vitórias elásticas do Basquete Paraíba e do Unifacisa no masculino.

No sábado, as equipes femininas se enfrentaram. Quem levou a melhor no primeiro jogo da rodada foi a AVB-PE, que tirou a invencibilidade do JP Espectros, e venceu por 54 a 33 assumindo a primeira colocação da competição.

O segundo jogo foi entre Avab-JP e ABC-RN, onde a equipe de João Pessoa levou a melhor, ganhando apertado por 42 a 36. Com a vitória o time está na terceira colocação, enquanto o ABC-RN é o lanterna.

Ainda no sábado deu início à quarta rodada masculina. A equipe do ABC teve uma vitória tranquila em cima do Jasfa ganhando por 80 a 37. O time potiguar sobe para segundo colocação e o Jasfa está em quarto.

Já no domingo tiveram as partidas da quarta rodada masculina. No primeiro jogo, o Basquete Paraíba derrotou o Basquete Borborema com um placar folgado de 109 a 37, assumindo o terceiro lugar. O Basquete Borborema amarga a última colocação e continua com o jejum de não vencer nenhuma partida na LPB.

Na última partida da rodada, a Unifacisa manteve a invencibilidade e permanece no topo. O time venceu com facilidade por 108 a 44 a Associação Cabo Branco de Basquete Master (ACBBM), que cai para a quinta colocação.

Para o torcedor, Luiz Gonzaga, as disputas da LPB na cidade trouxeram motivação para tentar colocar uma equipe da cidade nas próximas edições. Ele também joga basquete e atua na posição de ala-pivô pela Seleção de Guarabira.

“Aqui já existiu basquete, mas a falta de incentivo e apoio não deram condições de continuar desenvolvendo. Mas agora está sendo plantada uma nova semente para gerar frutos daqui a alguns anos. Vamos nos organizar para tentar colocar uma equipe nossa de Guarabira na competição”, finalizou Luiz Gonzaga, que assistiu quase todos os jogos.

Relacionadas