sábado, 27 de fevereiro de 2021

Turismo
Compartilhar:

Projeto com produção associada dribla crise e deve chegar a 18 cidades até o fim do ano

Edson Verber / 10 de novembro de 2015
Foto: Divulgação
Os municípios de Ingá e Alagoa Grande, no Curimataú e Brejo, foram integrados, no último sábado, ao Programa de Produção Associada ao Turismo do Sebrae.

Os dois novos destinos passaram a fazer parte do projeto do Sebrae, a partir do lançamento da folheteria contendo 16 atividades de turismo criativo, paralelamente à programação do projeto Sons e Sabores. Nestes dois últimos, as atividades desenvolvidas garantem renda que varia entre R$ 800 a R$ 4 mil, por família, que enfrentam a “crise” com mais facilidade.

Um dos destaques de Ingá é o artesanato produzido a partir de retalhos que, antes, iam para o lixo. A proprietária é Dona Tetel, como é mais conhecida Creosvalda Silva Araújo, que denominou seu negócio de Quitutes & Patchwork. Ela e a filha Silvia trabalham juntas no negócio que garante uma boa renda para ambas. “A gente tem uma renda média mensal de R$ 2 mil a R$ 4 mil, mas temos esperança que irá melhorar, a partir desse trabalho do Sebrae, pois a gente vai passar a ser mais conhecidas e os turistas vão vir em maior número. Mesmo assim, não ficamos esperando e temos participado de feiras em outros locais, como Salão do Artesanato, em junho, em Campina Grande. Ficamos temerosas, no início, diante de tanto falatório sobre a crise, mas, ao final, ficamos surpresas com as vendas que chegaram a uns R$ 12 mil” , revela Dona Tetel.

Visita agendada

Ingá    

▶ Quitutes & Patchwork. Contato através dos telefones 83-3394.2332, 99372.8639 e 99444.8030.

▶ Centro de Artesanato.

Contato: 83-99176.4238 e 3394.1394.

▶ Memorial do Cuscuz e tapioca

Agende pelos telefones 99129.9456, 99396.4148 e 99335.4344.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas