terça, 17 de setembro de 2019
Turismo
Compartilhar:

João Pessoa terá quase 300 voos extras para diversos destinos

Fábio Cardoso / 25 de novembro de 2018
Foto: Reprodução
O movimento de passageiros no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, será um termômetro para o sucesso do período de alta temporada na Paraíba. E, ao que tudo indica, os turistas colocaram a capital paraibana nos planos de férias, levando-se em conta o número de voos extras previstos para o periodo de dezembro deste ano até fevereiro de 2019.

Ao todo, conforme informações das companhias aéreas, o aeroporto atenderá 279 voos extras de três das quatro empresas que operam no equipamento.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou que irá operara 84 voos extras entre 20 de dezembro deste ano e 03 de fevereiro de 2019; A Avianca Brasil confirmou a operação de 104 voos extras entre Guarulhos e João Pessoa na alta temporada. O início das operações de/para a capital paraibana está previsto para o dia 15 de dezembro e se estende até fevereiro.

Já a GOL Linhas Aéreas Inteligentes disponibilizará 91 voos extras durante o verão, a partir do dia 1º de dezembro até fevereiro. Latam informou que não terá voos extras no período de alta estação.

A vinda desses voos extras está sendo muito comemorado pelo trade turístico paraibano. Para a presidente da PBTur (Empresa Paraibana de Turismo), Ruth Avelino, esse número de voos representam o sucesso do trabalho de um ano inteiro, que inclui divulgando do Destino Paraíba; processos de capacitações de agentes de viagens nas principais operadores do Brasil e do exterior; participação em feiras de turismo; e realização de visitas técnicas de agentes de viagens e operadores de turismo, além de jornalistas.

A presidente da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba), Manuelina Hardman, a acessibilidade é um grave problema para o desenvolvimento turístico de uma cidade, quando não se tem uma malha aérea que favoreça a vinda de mais voos. “Com o período de férias as companhias aéreas colocam voos extras e assim garantem a alta ocupação da hotelaria do destino.

Estamos com excelentes expectativas para o verão, mas precisamos que a infraestrutura de serviços públicos atenda aos nossos visitantes”, apontou a empresária.

De acordo com a Infraero, até outubro desde ano, embarcaram e desembarcaram no Aeroporto Castro Pinto 1.047.007 passageiros. O número deve chegar a 1,3 milhão.

Relacionadas