terça, 24 de novembro de 2020

Turismo
Compartilhar:

Infraestrutura ruim ainda é entrave para turismo na PB

Redação com assessoria / 29 de janeiro de 2016
Foto: Divulgação
As belezas naturais, a tranquilidade e a hospitalidade do povo paraibano são grandes atrativos para o turismo. Isso não resta dúvida. Mas o setor ainda sofre com um entrave: a falta de infraestrutura. É o que aponta um estudo do Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP-PB), divulgados nesta sexta-feira (29) na Pesquisa Anual do Desempenho do Turismo na Região Metropolitana de João Pessoa, realizada junto aos turistas que visitaram o Estado durante os meses de dezembro de 2015 e janeiro de 2016.

De acordo com o levantamento, questões como sinalização turística e nas estradas ainda são grandes problemas. Tanto que, para 21,90%, a falta de placas de sinalização na PB-008 para chegar às praias do Litoral Sul é o ponto mais negativo em se fazer turismo na Paraíba. Em seguida, aparece a demora dos atendentes em alguns bares e restaurantes da RMJP (9,52%), poucas lixeiras nas praias do Litoral Sul, pontos turísticos e na orla marítima de João Pessoa (8,33%) e a falta de plataforma de embarque e desembarque no aeroporto (6,90%).

Ainda dentro da questão de infraestrutura, tiveram o maior índice de avaliação ruim, regular ou péssimo os serviços de Segurança Pública (25%), de sinalização urbana (19,11%) e de táxi (18,3%).

Problemas não fazem turista desistir de voltar

O problemas apontados, contudo, são insuficientes para apagar as belezas naturais do Estado. A prova disso está nos 94,93% de turistas que pretendem retornar ao Estado, além dos 98,92% que indicariam a Paraíba como roteiro turístico. Além disso, 61,60% disseram ter tido suas expectativas correspondidas após conhecer a Paraíba, e 36,10% afirmaram ter suas expectativas superadas. As expectativas ficaram abaixo do esperado apenas para 1,84%. Do total de entrevistados, 71,43% já vieram pelo menos uma vez à Paraíba, enquanto 28,57% estiveram no Estado pela primeira vez.

As praias da região metropolitana foram o principal motivo da escolha de João Pessoa para aproveitar o verão, apontado por 53% dos entrevistados. Dentre as praias mais visitadas estão Tambaú (78,17%), Cabo Branco (74,16%), Bessa (44,94%), Coqueirinho (43,98%), Manaíra (40,45%) e Tambaba (32,10%).

Entre os pontos turísticos que mais atraíram os turistas estão o Mercado de Artesanato, visitado por 52,29% dos entrevistados, seguido pelo Hotel Tambaú (50,82%), Estação Cabo Branco (49,36%), Farol do Cabo Branco (46,07%), Pôr do Sol do Jacaré (43,51%) e o Centro de Convenções, com 31,26%. Além dos locais visitados na região metropolitana, alguns turistas aproveitaram a viagem para conhecer outras cidades, como Campina Grande (43,55%), Patos (16,13%), Guarabira (12,10%), Sousa (8,87%) e Areia (7,26%).

Relacionadas