sábado, 27 de fevereiro de 2021

Economia
Compartilhar:

Quase quatro mil sem abono permanência na PB

Celina Modesto / 22 de setembro de 2015
Foto: Arquivo
Uma das medidas anunciadas pela presidenta Dilma Rousseff na semana passada e que gerou imensa insatisfação foi o cancelamento do abono de permanência. O benefício poderá ser cortado caso o pacote de medidas para o orçamento do próximo ano não ficar no vermelho seja aprovado. Na Paraíba, de acordo com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), 3.967 servidores federais recebem o abono.

O abono de permanência pago pelo Governo Federal é de 11% do salário do servidor, percentual que corresponde à contribuição com o Regime Próprio da Previdência Social. Ou seja, para um servidor cujo salário mensal é de R$ 5 mil, o abono seria de R$ 550. Os dados do MPOG são referentes ao mês de julho deste ano.

A previsão é de que 123 mil servidores adquiram este direito nos próximos cinco anos em todo o país. O diretor executivo do Sindicato dos Trabalhadores em Serviço Público Federal no Estado da Paraíba (Sintserf-PB), Liro Alves, é contra a proposta do governo.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas