sexta, 14 de maio de 2021

Economia
Compartilhar:

Paraíba apresenta a segunda maior queda no comércio varejista do Nordeste

Nice Almeida / 14 de outubro de 2015
Foto: Divulgação
A Paraíba apresentou a segunda maior queda do comércio varejista no Nordeste. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em relação a agosto de 2014, as vendas no varejo recuaram 12,9% no Estado. Com isso, o volume de vendas acumula redução de 7,8% no ano e recuo de 4,2% nos últimos doze meses.

O Estado ficou atrás apenas de Alagoas que registrou, em agosto, uma redução de 14,8%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em seguida aparecem a Bahia (12,2%); Pernambuco (10,3%); Maranhão (9,1%); Piauí (6,2%); Rio Grande do Norte (5,9%); e, Ceará (5,2%).

Em todo o Brasil a queda das vendas no varejo foi de 6,9%, quinta taxa negativa consecutiva nessa comparação. Com isso, o volume de vendas acumula redução de 3,0% no ano e recuo de 1,5 nos últimos doze meses, mantendo a trajetória descendente iniciada em julho de 2014 e assinalando perda mais intensa do que a verificada nos três meses anteriores: maio (-0,5%), junho (-0,8%), julho (-1,0%). Para a receita nominal de vendas, as variações foram de 1,1% frente a agosto de 2014, de 3,7% no acumulado no ano e de 4,9% nos últimos doze meses.

Comércio varejista ampliado

Para o comércio varejista ampliado, que inclui o varejo e as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, em relação a agosto de 2014, o volume de vendas recuou 17%, na Paraíba. As taxas acumuladas foram de -12% no ano e de -7% nos últimos 12 meses, para o volume de vendas.

O que é o varejo

Varejo é um termo usado para designar os setores de comércio que vendem diretamente para os consumidores finais. As atividades do comércio varejista são importantes, pois geram uma grande quantidade de empregos no Brasil.

Relacionadas