sábado, 21 de julho de 2018
Paraíba
Compartilhar:

Correio reduz número de páginas e preserva conteúdo

Redação / 29 de maio de 2018
Jornalismo combatente, com ética, paixão e credibilidade. Essa é a marca que o Correio da Paraíba tem empreendido nesses quase 65 anos de existência. E, mesmo tendo sido forçado a reduzir o número de páginas nesta terça-feira, essa marca continua sendo a prioridade número um do impresso. Com a greve dos caminhoneiro e, consequentemente, o bloqueio nas rodovias federais que cortam o País, o Correio foi forçado a compilar a edição de hoje.

Já o caderno de Cultura será disponibilizado exclusivamente aos assinantes na versão online (através do endereço www.correiodaparaiba.com.br), com o acesso através do login e senha que todos já dispõem.

A diretoria do Correio lamenta o fato, mas conta com a compreensão de todos os assinantes - a quem dedica os melhores esforços para continuar prestando a informação séria, completa e de qualidade.

No fim de semana, o jornal uniu o noticiário do sábado e as matérias especiais do domingo numa edição única. Parte desse conteúdo não pode ser disponibilizado para que fosse possível que o jornal circulasse com o compromisso de não falhar, garantindo a informação com credibilidade.

Foram feitas tentativa junto a jornais parceiros de Pernambuco e Ceará, mas os mesmos já sofrem com a falta do principal insumo do impresso: o papel. Não apenas os jornais do Nordeste, mas de todo o País também enfrentam situação semelhante.

Os leitores podem continuar se informando sobre o que está acontecendo na Paraíba e no País, através do nosso site – correiodaparaiba.com.br - e redes sociais do Correio e do Sistema Correio da Paraíba.

 

Relacionadas