domingo, 09 de maio de 2021

Economia
Compartilhar:

Paraíba apresenta primeiro saldo positivo do ano na geração de empregos formais

Maurílio Júnior / 25 de setembro de 2015
Foto: Arquivo
A Paraíba apresentou saldo positivo na geração de empregos formais no mês de agosto. O resultado, inclusive, é inédito em 2015, já que até então o desempenho do Estado vinha sendo desastroso, com mais demissões em relação a pessoas admitidas. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), 16.324 pessoas foram inseridas no mercado de trabalho da Paraíba, contra 12.031 demissões, o que representou um saldo de 4.293 contratações.

Segundo os dados do Caged, o resultado corresponde à expansão de 1,06% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior. O desempenho apresentado foi proveniente, conforme o cadastro, da expansão do emprego principalmente nos setores da Indústria de Transformação (+3.064 postos, decorrente em grande medida, das atividades de Fabricação de Açúcar em Bruto: -2.037 postos) e da Agropecuária (+1.870 postos, devido ao cultivo da cana-de-açúcar: + 1.879 postos).

empregos

Apesar do resultado satisfatório no comparativo com os meses anteriores de 2015, o desempenho de agosto deste ano caiu em comparação ao mesmo período do ano passado quando foram gerados 5.511 empregos formais na Paraíba. Além disso, de janeiro a agosto deste ano foram registradas 11.717 demissões.

emprego2

João Pessoa e Campina Grande em baixa

As duas maiores cidades do Estado, João Pessoa e Campina Grande, destoaram e não conseguiram acompanhar o desempenho positivo em agosto. O número de demissões na Capital foi de 6.005 contra apenas 5.356 novos empregos. Ou seja, saldo negativo de -649.

O mesmo aconteceu em Campina Grande, porém, numa escala menor. A capital do trabalho registrou um saldo negativo de -205, reflexo de 1936 demissões diante de 1731 admissões.

Outras seis cidades com mais de 30 mil habitantes também apresentaram saldo negativo. Solânea (-7), Esperança (-9), Patos (-42), Bayeux (-34), Guarabira (-47) e Queimadas (-50).

Saldo por mês

empregos_gráfico

 

Relacionadas