domingo, 17 de janeiro de 2021

Economia
Compartilhar:

Número de inadimplentes cai em Campina Grande e João Pessoa em relação ao mês anterior

Celina Modesto / 03 de março de 2017
A inadimplência em João Pessoa caiu 19,71% em fevereiro deste ano em relação ao mesmo mês do ano anterior, com a inclusão de 5.792 inadimplentes. Já a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campina Grande (CDL-CG) registrou uma queda de 6% na inclusão de inadimplentes na cidade na comparação entre fevereiro deste ano e do ano passado.

Em fevereiro de 2016, foram contabilizados 6.934 pessoenses com pendências no comércio da capital. Entretanto, ao passo que a inadimplência caiu, o número de pessoenses que conseguiram quitar as dívidas também foi menor na comparação entre fevereiro deste ano e do ano passado: 11,28%.

Os dados constam na lista de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da capital, divulgados nesta quinta-feira (02) pelo diretor do órgão em João Pessoa, Lindennbergh Vieira. De acordo com o SPC, enquanto em fevereiro deste ano 3.924 consumidores foram excluídos da lista de devedores do órgão, no mesmo mês do ano passado 4.367 pessoenses “limparam” o nome na praça.

No acumulado do ano, ou seja, contabilizando janeiro e fevereiro de 2017, o SPC registrou 11.822 devedores em João Pessoa, uma queda de 28,72% em relação ao mesmo período do ano passado, quando haviam 15.218 pessoenses incluídos na lista de inadimplentes do órgão. Em relação à exclusão dos devedores, o acumulado do ano já contabiliza 8.072 pessoenses que quitaram as dívidas na capital, uma queda de 6,71% em comparação ao mesmo período do ano passado, que registrou, de acordo com o SPC, 8.614 exclusões.

De acordo com o diretor do SPC em João Pessoa, Lindennbergh Vieira, embora fevereiro tenha tido festividades que pudessem aquecer as vendas do período, não é o que ocorre tradicionalmente. “Tivemos menos venda, mesmo com o carnaval, porque o comércio fecha durante três dias. O comércio só vende com portas abertas. Lamentavelmente, segunda-feira não é feriado, mas já há o costume de fechar o comércio. Além disso, fevereiro é um mês curto, com apenas 28 dias. Então, sem contar com feriados e domingos, tivemos pouco mais de 20 dias úteis. Por isso, registramos vendas menores em todas as lojas”, explicou.

Em Campina Grande, inadimplência também cai

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campina Grande (CDL-CG) registrou uma queda de 6% na inclusão de inadimplentes na cidade na comparação entre fevereiro deste ano e do ano passado. Enquanto em fevereiro de 2017 foram contabilizados 876 inadimplentes em Campina Grande, em fevereiro de 2016 foram registrados 930, de acordo com o órgão. No acumulado deste ano, no entanto, registrou-se um aumento de 1% no número de devedores no comércio da cidade. Enquanto este ano já existem 2.023 inadimplentes na rainha da Borborema, o mesmo período do ano passado registrou 1.995.

Já o número de consumidores que quitaram as dívidas no comércio campinense caiu 17% se comparados fevereiro deste ano com o do ano passado. Em 2016, 629 devedores foram excluídos da lista da CDL-CG em fevereiro, enquanto neste ano apenas 520 realizaram tal feito. Ainda, considerando os dois primeiros meses deste ano, 1.348 pessoas deixaram a lista de inadimplência em Campina Grande, enquanto no mesmo período do ano anterior foram 1.434 exclusões. Dessa forma, conforme o órgão, houve queda de 6% entre os períodos analisados.

Relacionadas