sábado, 17 de agosto de 2019
Economia
Compartilhar:

Nova tarifa de ônibus de JP pesa no bolso dos passageiros

Bárbara Wanderley / 15 de janeiro de 2019
Foto: Rizemberg Felipe
O aumento no valor das passagens dos ônibus urbanos de João Pessoa já pesa no bolso dos consumidores. Na manhã de ontem, diversas pessoas que foram recarregar seus cartões ‘Passe Legal’ no ponto de vendas da Avenida 13 de Maio, no Centro, se queixavam da diferença de preço.

Desde as primeiras horas de domingo, a tarifa de ônibus que era de R$ 3,55 passou a ser de R$ 3,95 para pagamento em dinheiro e R$ 3,80 para quem utiliza o Passe Legal.

Com o reajuste, uma pessoa que trabalha de segunda a sábado, por exemplo, terá que desembolsar cerca de R$ 12 a mais todos os meses para o trajeto de ida e volta do trabalho, usando o Passe Legal. Sem o cartão, a diferença chega a R$ 19,20.

A recepcionista Kleyci Pereira contou que tomou um susto quando, ao pagar sua passagem na, manhã de ontem, foi advertida pelo cobrador de que estava faltando dinheiro. “Eu não sabia que tinha aumentado e eu estava vindo justamente recarregar meu cartão”, disse, acrescentando que considera o aumento “péssimo”.

“Quase R$ 4 em uma passagem de ônibus, é um absurdo. Fiz as contas com o preço antigo e calculei que eu iria gastar R$ 200. Nesse preço novo nem sei quanto vai ficar. Acho que não vou nem calcular para não ter raiva”, comentou.

A estudante Rebeka Micaelly afirmou que aumento deve pesar no seu orçamento. Ela disse que costuma carregar o seu Passe Legal estudantil com R$ 50, mas não sabe se esse valor será suficiente com o novo preço da passagem. “Como o ano letivo ainda não começou, ainda não tenho noção. Quando as aulas começarem é que vou ver, mas acho muito caro, a gente não tem conforto no ônibus”.

A falta de conforto também foi citada pelo estudante Yuri Heverton. “Eles justificaram o aumento falando que o número de passageiros diminuiu, mas eu só pego ônibus lotado”, disse. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP) informou, em nota sobre o aumento, que em 2018 perdeu 3.539.145 passageiros em relação a 2017, número que impactou negativamente no setor e vem crescendo desde 2013.

Outros pontos que justificam o reajuste são o aumento em 4,87% no salário dos motoristas de ônibus e o percentual de passageiros que utilizam o transporte gratuitamente (11% em 2018), além dos que têm direito a meia passagem (21% atualmente).

Grátis



Passe legal

De acordo com o Sintur-JP, o desconto para quem usa o Passe Legal é um estímulo ao uso do cartão, que tem as vantagens de mais segurança e agilidade no embarque. As empresas afirmam que 75% dos usuários já utilizam. Para adquirir o Passe Legal, basta ir ao ponto de vendas mais próximo com documento de identificação. A emissão é grátis.

Relacionadas