quarta, 12 de maio de 2021

Economia
Compartilhar:

Mais de 40 mil toneladas de alimentos são descartadas diariamente

Celina Modesto / 12 de junho de 2018
Foto: Reprodução
Um levantamento realizado em parceria entre a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Unilever aponta que 61% dos brasileiros descartam um ou dois alimentos em perfeito estado por semana. A pesquisa também mostra que 49%, ou quase a metade dos respondentes, afirmaram realizar o descarte todos os dias. Segundo a ONU, no Brasil, são descartadas cerca de 41 mil toneladas diariamente, o que daria para alimentar 25 milhões de pessoas por dia.

Ainda segundo a organização, por ano, são desperdiçados 1,3 bilhão de toneladas de alimentos no mundo. Um dos vilões do desperdício é o hábito de não ver ou ignorar alimentos, ato conhecido como “cegueira de geladeira”.

Quem compra e desperdiça assume que o grande problema é a falta de inspiração (81%). Muitos olham para a geladeira, mas não sabem o que cozinhar ou comer (78%).

Para o presidente do Conselho Regional de Economia da Paraíba (Corecon-PB), Celso Mangueira, o desperdício dos alimentos é perceptível em toda a cadeia de produção.

“O desperdício já começa quando o alimento é transportado para ser revendido, durante o armazenamento e, depois, na casa das pessoas. Usamos parte dos alimentos, quando sabemos que muitos componentes poderiam ser utilizados e até mesmo teriam mais nutrientes, a exemplo de alguns tipos de casca e folhagens”, afirmou.

Mangueira também comenta que é necessário repensar o consumo. “Em suma, é comprar o que efetivamente precisa e usar de forma mais adequada. Quando o que se compra parte de um desejo, é supérfluo”, disse. A pesquisa, feita em escala global, ouviu 4 mil pessoas, sendo 2 mil norte-americanos, mil brasileiros e mil argentinos, com idades entre 18 e 64 anos, no período de agosto a setembro de 2017. Os participantes são responsáveis ou estão envolvidos no processo de decisão de compra e preparo da comida.

Desperdiçados

Os tipos de alimentos mais desperdiçados são os perecíveis, como saladas (74%), vegetais (73%) e frutas (73%). Na hora de decidir se joga ou não fora, o brasileiro leva em conta cheiro e aparência (85%) e prazo de validade expirado (83%).

Relacionadas