sexta, 26 de fevereiro de 2021

Economia
Compartilhar:

Mais da metade dos filhos vão presentear os pais; intenção de compra sobe 1,89%

Edson Verber / 03 de agosto de 2017
Foto: Reprodução
A intenção dos filhos paraibanos de presentear seus pais na data comemorativa - 13 de agosto - cresceu 1,89% em 2017 em relação ao ano passado, passando de 53,50% para 55,39%. É o que mostra pesquisa realizada na Região Metropolitana de João Pessoa pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba.

A partir de entrevistas com 408 consumidores, os presentes preferidos, mais uma vez, foram os artigos de vestuário citados por 50,88%. O número de mulheres que pretende presentear é de 56,70% e homens 49,54%. Para a compra do presente do pai, os consumidores pretendem gastar, em mé- dia, R$ 171,70. Este resultado foi 1,84% inferior ao gasto médio registrado no mesmo período do ano passado.

A maior parte - 48,23% - dos entrevistados deve comprar presentes com valores até R$100,00. Em seguida aparece um percentual de 31,42% que pretendem gastar em torno de R$101,00 e R$200,00. Os homens pretendem gastar, em média, R$198,50, valor maior que o das mulheres R$150,41. Critérios para compras. Quanto à forma de pagamento, a maioria (58,41%) pretende comprar à vista. Entre estes, 88,64% prefere pagar em espécie. É importante ressaltar que esta escolha está diretamente ligada ao grau de desconto oferecido pelos empresários. Já entre os que pretendem comprar a prazo (41,59%), a maioria (97,87%) irá usar o cartão de crédito.

Em relação ao local das compras, 53,98% dos entrevistados pretendem adquirir os presentes nas lojas dos shoppings centers e 50,88% irão procurar as lojas localizadas no Centro de João Pessoa. Em seguida aparece internet (7,52%) e as lojas de bairro (5,31). No momento da compra, os clientes vão levar em consideração alguns critérios que poderão influenciar na decisão de efetivarem ou não suas compras. Os destaques são para a qualidade e o preço dos produtos, com 59,73% e 57,08% de citações, respectivamente.

Outros fatores também foram citados, como: desconto à vista com 27,88% e o bom atendimento com 25,22%. Nesta questão, também podia ser citada mais de uma consideração. A maior parte dos participantes da pesquisa (63,27%) tem a intenção de comprar o presente exatamente na semana do Dia dos Pais, esperando possíveis reduções nos preços. Enquanto que 26,99% do total de respondentes estão planejando realizar suas compras na primeira semana de agosto. Já 9,29% do total anteciparam as compras dos presentes aproveitando as liquidações de julho.

Relacionadas