sábado, 06 de março de 2021

Greve
Compartilhar:

Infrações durante a greve dos bancários podem gerar multa de até R$ 10 mil ao dia

Érico Fabres / 10 de outubro de 2015
Foto: Assuero Lima


  • Uma reunião na manhã de ontem, entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Sindicato dos Bancários, estabeleceu termos de conduta durante a greve para que não sejam feridos os direitos de greve e, principalmente, o dos cidadãos, de ter atendimento das demandas consideradas essenciais.

    Em caso de descumprimento ou de os bancários imporem algum obstáculo ao atendimento dos clientes, uma multa de R$ 10 mil ao dia será aplicada até que a pendência seja resolvida.

    De acordo com o procurador Eduardo Varandas Araruna, as denúncias serão apuradas e entidade terá o direito de se defender antes da cobrança.

    Durante a reunião, o sindicato aproveitou a ocasião para acusar os bancos Santander, Bradesco e Itaú de forçar os funcionários a trabalharem após as 16h para executar serviços bancários, sob pena de demissão, mudando unilateralmente a jornada de trabalho dos bancários.

    A entidade também denunciou Banco do Brasil, Caixa Federal e Banco do Nordeste de ‘contingenciar’ funcionários, ou seja, alertar sobre o que pode acontecer no futuro com as decisões de paralisação.




Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas