quinta, 13 de maio de 2021

Greve
Compartilhar:

Primeiro semestre de 2015 da UFPB só termina em dezembro

Luana Barros / 14 de outubro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) definiu, nesta quarta-feira (14), o novo calendário da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que enfrentou 132 dias de greve. Durante reunião realizada na Reitoria com representantes de professores e estudantes foi decidido que o período 2015.1, interrompido pela paralisação, vai se estender 16 de dezembro. Porém essa data valerá apenas para os Campi I, II e III. Já o Campus IV, que está com o calendário ainda mais atrasado, terá aulas até o dia 30 de dezembro.

O período 2015.2 terá início somente em fevereiro de 2016 com término previsto para junho, ou seja, o segundo semestre deste ano só terminará no final do primeiro semestre do próximo ano.

A reitora Margareth Diniz ressaltou que essa foi uma forma democrática de tomar toda decisão e não prejudicar os alunos em nenhum aspecto. ‘’ Não é uma opinião particular, foi uma decisão de todo o Conselho para não prejudicar o aluno de nenhuma forma’’, disse.

Estavam presentes na reunião 31 conselheiros do Consepe, sendo 26 representantes de professores e cinco de alunos da Instituição.

Calendário

2015.1 – As aulas irão finalizar para os Campi I, II e III no dia 11 de dezembro, com período de avaliações finais até o dia 16 de dezembro, tendo 30 dias de férias para alunos e professores e 15 dias para os coordenadores da UFPB.

2014.2 – As aulas do Campus IV se estenderão até o dia 24 de dezembro com o período de avaliações finais até o dia 30 de dezembro, tendo 30 dias de férias para alunos e professores, e 15 dias para os coordenadores.

2015.2 – Todos os Campi terão início no dia primeiro de fevereiro de 2016, mas apenas o Campi I,II e III terá o término dia quatro de junho de 2016, tendo 30 dias de férias para alunos e professores e 15 dias para os coordenadores. Não está definido o término  do período letivo para o Campus IV.

Relacionadas