sábado, 19 de outubro de 2019
Economia
Compartilhar:

Governador libera crédito para comerciantes em Campina Grande

Wênia Bandeira / 17 de abril de 2019
Foto: Chico Martins
O Governo da Paraíba deu início, nessa terça-feira (16), às inscrições para a concessão de crédito para 300 comerciantes de Campina Grande que trabalharão durante os festejos juninos pelo Programa Empreender. Na ocasião, também foram assinados 24 contratos com empreendedores do município. As ações totalizam investimento superior a R$ 2 milhões.

O objetivo foi auxiliar os barraqueiros, principalmente, aqueles que tiveram perdas no incêndio ocorrido no Parque do Povo no ano passado.

Francilda dos Santos solicitou o empréstimo no valor de R$ 10 mil. Ela explicou que não sabia como faria para colocar sua barraca para funcionar este ano e que este dinheiro veio em boa hora para planejar os festejos.

O prazo para começar a pagar o empréstimo é de seis meses. Francilda trabalha no São João há 23 anos e afirmou que nunca havia recebido um apoio para realizar o seu comércio no Parque do Povo.

O governador afirmou que este foi um pedido dos trabalhadores. “Nós fomos procurados pelas associações de comerciantes, que em função daquele incêndio precisavam de um suporte. Nós temos uma lógica de que quanto mais investir na base da economia, você fortalece a economia. Este tipo de injeção tem um retorno imediato, porque o cidadão transforma isso em consumo imediato, é o supermercado, a mercearia, a farmácia”, falou o governador.

Além disso, João Azevedo disse que a ideia é participar da maior festa popular do estado. “Pela própria festa, a dimensão que tem o São João, o Governo tem que estar presente”, salientou.

Os barraqueiros se inscreveram nessa terça (16) e o governador garantiu que, até o mês de maio, os recursos já estarão disponíveis. O Maior São João do Mundo acontece de 7 de junho a 7 de julho.

O Programa Empreender PB concede crédito produtivo orientado para incentivar a geração de ocupação e renda entre os empreendedores paraibanos. O público alvo é formado pelo microempreendedor individual, o microempresário, o empresário de pequeno porte e as cooperativas de produção da Paraíba.

Relacionadas