terça, 24 de novembro de 2020

Economia
Compartilhar:

Feirões são a saída para incentivar mais as vendas

Celina Modesto / 06 de dezembro de 2015
Foto: Diego Nóbrega
Criatividade: esta é a palavra-chave para converter o que tem tudo para ser um ano de perdas e prejuízos em lucro. Para os comerciantes e empresários, não é mais suficiente convencer o consumidor a comprar só por causa de preços bons. É preciso algo mais. Dessa forma, feirões de automóveis e de imóveis, semanas de descontos e até mesmo a Black Friday são boas alternativas para desviar da crise na economia, mas também exigem que tanto consumidor quanto vendedor estejam mais atentos às estratégias.

Diante disso, o comércio deve buscar todas as formas possíveis de atrair os consumidores, afirmam especialistas. “É um momento que torna premente a necessidade de se desenvolver ao máximo a criatividade. Os consumidores, por sua vez, devem aumentar ainda mais as suas pesquisas de preços, praticar com mais intensidade o ato de pechinchar, pois o que está interessando mais aos empresários é vender”, recomendou o economista Martinho Campos, vice-presidente do Conselho Regional de Economia da Paraíba (Corecon).

Para o professor do Departamento de Economia da Universidade Federal da Paraíba, Alysson André, o consumidor este ano só deve comprar o necessário. “(Por isso) Os lojistas precisam elaborar uma estratégia para conquistar clientes compatíveis com essa tendência”, disse.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba

 

Relacionadas