quinta, 27 de junho de 2019
Economia
Compartilhar:

Escolas farão mutirão para negociar com inadimplentes

Ellyka Akemy / 13 de julho de 2016
Foto: Divulgação
A taxa de inadimplência nas escolas particulares de João Pessoa aumentou 35% em julho deste ano, em comparação ao mesmo período de 2015, segundo o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado da Paraíba (Sinepe-PB). Em algumas instituições, a situação está ainda mais crítica, com o percentual chegando em 60%. Diante do quadro, João Pessoa poderá ter em breve um mutirão de renegociação de débitos escolares.

“Pretendemos realizar em João Pessoa um mutirão semelhante ao que o Procon de Cabedelo irá realizar mês que vem com as escolas particulares de lá”, comentou Medeiros, fazendo referência ao 1º Mutirão de Renegociação de Débitos Escolares.

A ação acontecerá de 1º a 5 de agosto, das 8h às 12h, no auditório do Procon de Cabedelo. A ideia é oferecer condições especiais de pagamento aos pais inadimplentes que têm filhos matriculados em instituições particulares no município.

Segundo avaliação do sindicato, a taxa “aceitável” de inadimplência deveria girar em torno de 5%, ou seja, ela está 600% acima do ideal.

O secretário do Procon de João Pessoa, Marcos dos Santos, revelou que já solicitou o modelo do projeto ao secretário do Procon de Cabedelo, Fracinaldo de Oliveira. “Agora iremos manter contato com o sindicato das escolas particulares, para analisarmos os critérios que iremos aplicar aqui”, afirmou Santos.

Segundo avaliação de Medeiros, um mutirão de renegociação é a medida mais viável neste momento. “Se as escolas levarem a briga para a Justiça, o processo poderá demorar um ano ou mais para chegar ao final. Então, a realização de acordo é muito mais simples e rápida”, destacou.

Relacionadas