terça, 24 de novembro de 2020

Economia
Compartilhar:

Entressafra provoca uma redução da oferta e custos das raízes e verduras disparam

Edson Verber / 16 de janeiro de 2016
Foto: Assuero Lima
Entressafra e irregularidade das chuvas nas regiões produtoras dos diversos tipos de verduras, na Bahia e Pernambuco - maiores fornecedores da Paraíba - fez os preços nas feiras livres de João Pessoa aumentar entre 16% e 42%. Já as vendas, com preços altos e baixa qualidade, caíram na casa entre 40% e 50%, do final para o início deste ano. A mais vendida entre as frutas, a banana (de melhor qualidade) teve reajuste de 20% com a penca saindo de R$ 2,50 pra R$ 3. A situação deve perdurar até março, quando chega a safra.

O maior reajuste de preços se deu sobre o inhame, cujo quilo de melhor qualidade passou de R$ 7 para R$ 10, no Mercado Central. Os menores preços variam entre R$ 3 e R$ 6. Em dezembro, os feirantes já avaliavam que a queda, em face dos aumentos ocorridos na época, já era entre 40% e 50%. Ontem, já tinha aumentado, conforme depoimento de José Venâncio, há 30 anos na feira do Centro.

“Grande parte das pessoas evita comprar inhame nessa época de entressafra, porque enquanto os preços sobem baixa a qualidade. Hoje mesmo tem muito pouco inhame de primeira e custa R$ 10, o quilo. E as pessoas que ainda compram demoram mais e compram menos. Por isso, acho que as vendas caíram uns 60% sobre a safra do ano passado, em setembro e outubro”, disse Venâncio.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

 

Relacionadas